CENTROS CULTURAIS GRATUITOS PARA VISITAR PELO BRASIL

quinta-feira, fevereiro 18, 2016


O Museu da Língua Portuguesa (localizado em SP) estava fechado após um incêndio que deixou meu coração partido (amo aquele lugar!) e agora está voltando com tudo, como você pode conferir aqui (ufa!). Pensando em demais locais para visitar (além de museus, que costumam ser mais conhecidos) que contêm muita arte, indo além de exposições, mas agregando também, em geral, cursos, peças de teatro, cinema e demais fatores, selecionei alguns centros culturais de entradas gratuitas pelo nosso país. Fui indicando ainda alguns outros centros nas explicações básicas de cada local.

  • Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) / São Paulo (SP)


O Centro Cultural da capital paulista foi inaugurado em 21 de abril de 2001 com sede na rua Álvares Penteado (esquina com a Rua da Quitanda (São Paulo), no centro histórico da cidade. O acesso pode ser feito pelo metrô, utilizando as estações Sé e São Bento. As ruas em que o Centro Cultural está localizado atualmente são vias exclusivas para pedestres. O edifício construído em 1901, foi comprado em 1923 pelo Banco do Brasil, mantendo as linhas que o tornam um dos mais significativos exemplos da arquitetura do início do século desta cidade. A sede tem 4.183 metros quadrados e conta com salas de exposições (mais de 5 andares de galerias), sessões de cinema, apresentações no teatro, palestras e debates no auditório, salas de vídeo, restaurante, bomboniere e café. As entradas são francas ou a preços simbólicos (basta ligar e pedir a informação referente ao que deseja conferir).  Na região paulista ainda existem diversos outros centros culturais incríveis como o Itaú Cultural e o Centro Cultural da Juventude!

Localização: Rua Álvares Penteado, 112 - Centro. CEP: 01012-000. São Paulo (SP).
Telefone: (11) 3397- 4002.
Funcionamento: De quarta a segunda, das 9h às 21h.

  • Centro Cultural Oscar Niemeyer / Goiânia  (GO)


O Centro Cultural Oscar Niemeyer também conhecido como CCON e NIE é um complexo de espaços culturais situado na região sul da cidade de Goiânia - GO, Brasil. A sua inauguração aconteceu em 30 de março de 2006, atualmente o complexo é composto pela Esplanada da Cultura, praça de 26 mil metros quadrados, destinada a exposições, apresentações artísticas, eventos e shows. O espaço tem mais de 700 metros quadrados e há um auditório para 170 lugares, jardim de inverno e salão para as exposições. Conta com dois acessos pelas rodovias GO-020 e BR-153, linhas de transporte coletivo, heliponto e 470 vagas para estacionamento. Lá os projetos são divididos em vários prédios, como o  MAC – Museu de Arte Contemporânea, que possui quatro mil metros quadrados que compreendem uma galeria de arte, sala administrativa, térreo, mezanino e pavimento para exposições, a Biblioteca do Centro e o O Palácio da Música Belkiss Spenziere. Entrada franca! 

Localização:
 Av. Dep. Jamel Cecílio. Quadra Gleba, Lote 01, nº 4.490, Setor Fazenda Gameleira. Goiânia - Goiás - CEP: 74.884-801
Telefone: (62) 3201 - 4932.
Funcionamento: De terça a sexta, das 10h às 16h. Sábado e domingo, das 10h às 17h.

  • Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) / Rio de Janeiro (RJ)


Inaugurado em 12 de outubro de 1989, o CCBB Rio de Janeiro transformou-se rapidamente em um dos centros culturais mais importantes do País. É a instituição cultural mais visitada do Brasil e a 20º no mundo, de acordo com o ranking publicado em abril de 2015 pelo The Art Newspaper (Inglaterra). O CCBB RJ possui 15.046 m² com espaços diversos para diferentes atrações culturais, como música, teatro, cinema e exposições. Além disso, possui biblioteca e videoteca, além de abrigar o Arquivo Histórico e o Museu Banco do Brasil. Entrada franca! Confira a programação; em determinadas apresentações valores podem ser cobrados.

Localização: 
Rua Primeiro de Março, 66 - Centro. CEP: 20010-000. Rio de Janeiro (RJ).
Telefone: (21) 3808-2020.
Funcionamento: De quarta a segunda, das 9h às 21h.

  • Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) / Belo Horizonte (MG)


Inaugurado em 27 de agosto de 2013, o CCBB Belo Horizonte é resultado de uma parceria entre o Banco do Brasil e o Governo do Estado de Minas Gerais e integra o Circuito Liberdade, complexo de antigos prédios da administração pública que se tornaram espaços de cultura, artes e lazer, em um dos mais belos cartões postais da capital mineira. É a sexta instituição cultural mais visitada no Brasil e a 95º no mundo, de acordo com o ranking da publicação inglesa The Art Newspaper (abril/2014). Com Galerias, Sala de Multiuso e Teatro, o CCBB de BH possui hoje 1.200m² de área expositiva. Nessa primeira etapa são 8.000 m² abertos ao público, e mais 4.000 m² na segunda fase, totalizando 12.000m² de área construída, o que coloca o CCBB BH entre os maiores espaços culturais do País. Para a maioria dos eventos, a entrada é franca. BH ainda tem o Centro Cultural de Belo Horizonte, que é muito bacana.

Localização: Praça da Liberdade, 450 – Funcionários. CEP: 30140-010. Belo Horizonte (MG).
Telefone: (31) 3431-9400.Site: http://culturabancodobrasil.com.br/portal/belo-horizonte/
Funcionamento: De quarta a segunda, das 9 às 21 horas.

  • Placete das Artes / Salvador (BA)


O Palacete das Artes tem como missão difundir a cultura e as artes moderna e contemporânea, com ética, responsabilidade e dinamismo, por meio de ações de preservação, pesquisa, educação, exposição e democratização do acesso aos seus produtos, com o objetivo principal de compartilhar conhecimentos e experiências a uma diversidade de públicos, buscando a excelência a serviço da sociedade. O Palacete tem uma parte que é apenas Museu, mas contém também cursos, eventos e oficinas a mais, seguindo a linha de diversos centros culturais e com muitas atividades gratuitas (como as visitas são), podendo assim, ser considerado um. Uma dica excelente é passar também no "Solar Café", um restaurante/cafeteria do Palacete.

Endereço: Rua da Graça, 289 – Graça – Salvador, Bahia.
Telefone: (71) 3117-6987 e (71) 3117-6984.
Site: http://www.palacetedasartes.ba.gov.br/exposicoes/atuais
Funcionamento:
 quartas às sextas-feiras, das 13h às 19h; sábados, domingos e feriados, das 14 às 19h.


  • Centro de Cultura Cidade de Ponta Grossa / Ponta Grossa (PR)


O Centro de Cultura Cidade de Ponta Grossa é um espaço cultural para exposições e produções artísticas, na cidade de Ponta Grossa, no estado do Paraná, Brasil. O centro foi criado em 28 de agosto de 1986 e inaugurado em 15 de setembro de 1988. O  Centro de Cultura é um espaço destinado às manifestações culturais, possuindo um auditório de 176 lugares - nomeada Sala Avelino Vieira e hoje utilizada como auditório da TV Educativa de Ponta Grossa e uma galeria de arte para exposições – a Galeria João Pilarski. Ao seu redor, o centro ainda conta com uma praça que pode ser utilizada para eventos. Desde de outubro de 2007, também está instalado no prédio a Pinacoteca Cidade de Ponta Grossa. A pinacoteca conta com obras do acervo da Secretaria Municipal de Cultura, somadas às obras reunidas pela artista plástica Margareth Giostri em seu projeto "Ponta Grossa: Onde o passado e o presente estão presente". O objetivo da Prefeitura de Ponta Grossa é construir, sem data definida, uma sede própria para a Pinacoteca. Entrada franca (para algumas apresentações, valores são cobrados).

Localização: R. Dr. Colares, 436 - Centro, Ponta Grossa - PR, 84010-010.
Telefone: (42) 3901-1588.Site: http://www.pontagrossa.pr.gov.br/centro-de-cultura
Funcionamento:
 Segunda a Sexta, das 13h às 19h.


  • Centro Cultural Matarazzo / Presidente Prudente (SP)


O Centro Cultural Matarazzo é um complexo integrante da Secretaria Municipal de Cultura da cidade brasileira de Presidente Prudente. O local contempla uma programação de difusão de eventos, cursos de formação artístico/cultural (teatro, artes plásticas, etc) e demais projetos de fomento e informação consumidos democraticamente em grande escala pelo público. O ambiente vem causando a transformação não apenas de vidas, mas de toda uma comunidade entorno, que convive com as mais nobres expressões humanas da Cultura e das Artes em seu cotidiano. Alguns cursos são gratuitos e a entrada para visitação é franca.

Localização: R. Quintino Bocaiúva, 749 - Vila Marcondes, Pres. Prudente - SP, 19030-000
Telefone: (18) 3226-3399
Site
: http://www.culturapp.com.br/index.php/equipamento/centro-cultural-matarazzo/
Funcionamento: De segunda a sábado, das 8h30 às 22h. Aos domingos, das 10h às 22h.


  • Centro Cultural José Octavio Guizzo (CCJOG) / Campo Grande (MS)


O Centro Cultural José Octavio Guizzo (CCJOG) é um espaço dedicado a geração, formação e difusão da cultura sul-mato-grossense. Em quase duas décadas de funcionamento, o complexo arquitetônico CCJOG possui aparato que possibilita a realização de oficinas de artes, espetáculos, exposições, palestras, exibições de videos e eventos similares. Sua estrutura abriga a Sala de Convenções Rubens Corrêa, Galeria de Exposições Wega Nery, Ateliê de Artes, Sala de Ensaios Conceição Ferreira, Sala de Música, Sala Central e Teatro Aracy Balabanian. No CCJOG acontecem oficinas de dança, música, teatro, artes plásticas e capoeira, além de espetáculos e exposições. A maioria das apresentações tem entrada gratuita.

Localização: Rua 26 de agosto, 453 – Centro.
Telefone: (67) 3317-1795.
Site
http://www.fundacaodecultura.ms.gov.br/centro-cultural-jose-octavio-guizzo/Funcionamento: De terça a sexta-feira das 8h às 22h e domingo das 13h às 18h.

  • Centro Municipal de Cultura / Gramado (RS)


O Centro Municipal de Cultura em Gramado existe há mais de 22 anos. Foi inaugurado onde hoje está o prédio da Câmara de Vereadores. Carinhosamente denominado de Centro de Cultura I, atualmente está localizado nas antigas instalações do Gramado Parque Hotel junto ao Lago Joaquina Rita Bier, um local privilegiado para abrigar a cultura gramadense. Lá são oferecidas variadas opções de cursos com excelentes professores, tais como: Línguas: espanhol, inglês, alemão e italiano. Dança: ballet, jazz, dança circular sagrada, capoeira, gaúcha. Música: violão, guitarra, contrabaixo, bateria, piano, teclado, violino, saxofone, instrumentos de sopro, canto e flauta doce. Teatro: infantil, juvenil e adulto. Artes plásticas: pintura em aquarela, pastel seco, acrílico, desenho artístico, desenho de móveis, pintura em madeira. Yoga: relaxamento. As exposições e oficinas acontecem mensalmente, trazendo a diversidade cultural para atender o público que frequenta a casa de cultura. Devido a sua arquitetura e decoração o local é ideal para pequenos concertos. Fazem parte do roteiro de visitação o Arquivo e Museu Histórico Prof º Hugo Daros, o Museu de Artes Dr. Carlos Nelz e o Arquivo e Museus dos Festivais de Cinema. A entrada é gratuita. Outro local cultural muito bacana para visitar em Gramado é o Palácio Dos Festivais.

Localização: R. Leopoldo Rosenfeld, 818, Gramado - RS, 95670-000.
Telefone: (54) 3286-4323.
Site: Não tem site oficial.
Funcionamento: Segunda a sexta-feira, das 8h às 11h 45min e das 13h30min às 17h 45min. Sábados, das 10h às 12h e das 14h às 17h.

/ Acréscimo indicado pelo leitor Adriel Christian: Casa de Cultura Mario Quintana

Além do Museu da Língua Portuguesa em SP (site oficial aqui), diversos outros como o Museu Oscar Niemeyer, em Curitiba; o Museu de Artes e Ofícios, em BH e o Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro são apenas alguns exemplos de diversos locais incríveis a mais para visitar e respirar arte! Confira aqui demais museus para visitar.


E então, além de museus, você tinha conhecimento desses centros culturais? Já visitou algum? O que achou? Não deixe de contar nos comentários!

  • Veja os comentários feitos pelos leitores nesta postagem na versão antiga do blog clicando aqui.

LEIA TAMBÉM:

0 COMENTÁRIOS

Obrigada por chegar até aqui para deixar a sua opinião. É fundamental para mim. O que dá sentido com ratificação para cada reflexão entre análises, dicas, informações e sentimentos aqui escritos são essas nossas trocas evolutivas de sensações e pitacos.

Não esqueça de clicar em "notifique-me" abaixo do seu comentário para receber por e-mail a resposta dada.

Posts Recentes Mais Posts

TRANSBORDOU NESTES?

Direitos Autorais

Todos os escritos aqui postados são de autoria da escritora, poetisa, compositora e blogueira Vanessa Brunt. As crônicas, frases, poesias, análises e os demais diversos escritos, totais ou em fragmentos, podem ser compartilhados em quaisquer locais e sites (quando não para fins lucrativos: criação de produtos para vendas, entre outros), contanto que haja o devido direcionamento dos direitos autorais. Ademais, as imagens utilizadas no blog para as postagens não são, em sua maioria, feitas pela autora. Portanto, para qualquer problema envolvendo os créditos das fotos, basta entrar em contato e o caso será resolvido prontamente.