VÍDEO: FOMOS CONVIDADOS PARA CONFERIR O FILME O REI DO SHOW

quinta-feira, dezembro 21, 2017


O Sem Quases, que é feito de mim e de você [por isso o "fomos" ali no título], foi convidado para assistir ao filme internacional O Rei do Show, que ainda terá lançamento nos cinemas: marcado para a próxima segunda-feira (25). Confira, abaixo, no vídeo, as análises basilares sobre a trama. Para ver o trailer completo da obra, clique aqui.


ACRÉSCIMOS CRÍTICOS

Para além do vídeo, deixo aqui uma crítica a mais: Fui pesquisar sobre os feitos do protagonista verídico que inspirou a trama, que é baseada em suas conquistas, falhas e vida em geral; ao aprofundar, foi perceptível que o longa pode ser visto como esburacado quando analisado como uma cinebiografia. Barnum passou por diversas outras lições, quedas e alcances que poderiam enriquecer o roteiro do filme, porém, a trama é inspirada na história do legado do protagonista e, claramente, não tem um enfoque principal em permear todos os principais quesitos da sua caminhada, mas sim, usar os destaques para um núcleo de críticas mais amplas e, quiçá, mais profundas.

Entretanto, para quem deseja conhecer de forma reentrante a estrada real, é aconselhável que mergulhe, após, em livros e pesquisas, porque, de fato, existe muito mais com pesos e importâncias: inclusive quando a vinculação é feita com os lados desonestos e absurdos de P.T., já que ele disseminou preconceitos de formas ainda mais densas do que as que podem ser verificado na trama. Essa angulação, porém, não foi ignorada nas telas e fica clarificada nas entrelinhas e metáforas, dando acréscimos às mensagens basilares que o filme emite e que vêm, também, de tal desconstrução dos atos de Barnum.

O detalhe destrinchado como um adendo nos parágrafos acima, contudo, não faz com que os fatos utilizados na obra cinematográfica percam valor ou que os pontos positivos do filme sejam diminuídos de alguma forma, como ratificado. As curiosidades verazes e as implicitudes que podem ter sido criadas para as finalidades da trama, não ludibriam ou divagam para fora do necessário e trazem, no caminhar das carruagens, o que poderia ser considerado como mais fundamental na história do empreendedor [que nasceu pobre e sofreu diversos preconceitos  os quais o levaram a uma sede de aceitação descontrolada, o que gerou a perda de muitas conquistas e bases prioritárias, como indicado no vídeo]. É curioso poder perceber através do filme, quando tratamos de fatores mais literais, por exemplo, como foi o surgimento dos circos móveis; o que, novamente, fica como metáfora para diversas lições, como o lembrete do simples no complexo e do complexo no simples.

Deixo aqui, ainda, a observação de uma outra cena [fora as citadas no vídeo: as quais têm spoilers sinalizados]. Em um determinado momento, a gama social de classe alta está indo para uma peça que não é, de fato, o que os entrete ou faz refletir em grande escala. Logo, não é prazeroso para a maioria estar ali, porém, eles vão apenas pelo status. Este é mais um detalhe crítico bacana de ser observado e que pode ser encaixável em variados quesitos reflexivos sobre o universo tecnológico da nossa atualidade, como em relação a redes sociais e, até, ao sentido da diferença entre uma celebridade e um artista de fato [como é bem pontuado neste vídeo].

Fica, portanto, o lembrete de que cada linha aqui escrita serve apenas de suporte e soma para a crítica que está no vídeo, o qual demonstra, em totalidade, as impressões e exame primordial do longa apresentado.

E então, já tinha ouvido falar da obra? O que sentiu ao refletir comigo sobre os pontos apresentados? Depois de ir ao cinema, conta o que achou? Vamos papear.

LEIA TAMBÉM:

21 COMENTÁRIOS

  1. Oie, tudo bem?
    Esse filme promete ser bom hein! Já quero assistir
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir
  2. Eu to ansiosa para ver este filme, já li muitas críticas positivas, ansiosa e esperando que supere minhas expectativas!!

    http://www.leitorasvorazes.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Vanessa,
    Gostei muito da sua crítica e todas as suas observações. Fiquei muito interessada em assistir o filme.
    Obrigada pela sua visita e Feliz Natal!
    Bjs❤
    Abrir Janela

    ResponderExcluir
  4. Você é poesia forte e crítica! Tava vendo alguns comentários sobre o filme, mas nada chegou perto da sua análise, das suas formas de enxergar essas entrelinhas (palavra que passei a usar muito depois de ler suas postagens). Seu olhar vai me fazer já assistir o filme vendo além, como sempre!!

    ResponderExcluir
  5. Já tinha ouvido falar desse filme. Parece ser bem interessante. Adorei sua resenha sobre.

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
  6. Oi Vanessa, tudo bem? O protagonista é bastante romantizado no filme, mas eu gostei mesmo assim, como vc diz está tudo nas entrelinhas! E as músicas são viciantes!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  7. Eu ainda não tinha ouvido falar sobre a obra.
    O filme parece ser muito bom!
    Beijos, Aline
    Verso Aleatório

    ResponderExcluir
  8. Eu ainda não conhecia, mas de cara uma coisa me chamou bastante atenção: o figurino. Vou tentar assistir mais pra frente. Tenha um ótimo dia, beijos!

    Blog Paisagem de Janela
    paisagemdejanela.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Pela sua resenha já sei que vou chorar muito e vou amar. Adoro filmes que entregam uma critica ou alguma informação que nos faz refletir.
    Charme-se

    ResponderExcluir
  10. Adorei seus comentários, estou muito curiosa para ver esse filme, uma pena que estarei viajando quando ele entra em cartaz, tomara que ele fique a tempo de eu olhar :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  11. Ainda não tinha ouvido falar nesse filme, mas fiquei curiosa pra ver!
    Gosto muito das suas análises, sempre bem completinhas :)
    E eu amei o comentário que deixou lá pra mim ♥

    https://heyimwiththeband.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi Van, não havia lido nada ainda sobre o lançamento desse filme, apesar de não ser muito fã de musicais, o filme parece ser bem bacana, inclusive gostei do período histórico em que ele se passa. Achei bem interessante as suas análises no vídeo, e desse adendo que você pesquisou e trouxe no post, sobre o filme não ter explorado certos detalhes da vida do personagem, mas é sempre assim né, filmes baseados em biografias e literatura sempre fazem recortes que deixam o filme com lacunas... Mas pelo que notei nas seleções das cenas do filme, no seu vídeo, parece ter sido uma produção com fotografia excepcional ^^ fiquei tentada a ver :D

    Quero te agradecer pelo carinho deixado no meu blog em forma de comentários, sempre gosto muito da sua presença por lá!

    bjus

    Ari ♥
    www.devoltaaoretro.com.br

    ResponderExcluir
  13. Eu vi o trailer enquanto fui assistir Extraordinário e fiquei interessada por causa do Hugh Jackman, que é um ótimo ator e eu custumo gostar bastante dos projetos dele. Eu fiquei bem interessada em assistir o filme depois do teu vídeo, porque gosto de filmes que carregam críticas com aquela sutileza, que a gente tem que observar pra pegar, e que como disse, podem ser bem profundas.

    ResponderExcluir
  14. Oi, tudo bem?
    Eu já tinha visto o trailer desse filme no facebook, uma amiga minha compartilhou e me chamou tanto a a atenção que parei para assistir, pelo trailer da pra perceber que o filme é muito bom, gostei do seu post e de como você se expressou
    Te espero em meu blog! 💕
    Beijos
    Desvendando Segredos

    ResponderExcluir
  15. Que bacana esse convite, que honra! Adorei saber mais detalhes da obra, pois realmente não conhecia nadinha #shameonme E agora já estou super a par, graças à você! Seu vídeo ficou bem completão e maravilhoso (já deixei meu like, claro) e sério, tu tá muito liiiinda (amei essa choker hehe)


    Beijos
    Brilho de Aluguel

    ResponderExcluir
  16. Oi, Vanessa, tudo bom? Tinha visto pouco sobre o lançamento desse filme. Fiquei curiosa porque gosto um bocado do trabalho do (Wolverine HAHAHAHA) Hugh Jackman, porque acho ele um excelente ator e me surpreendi muito com o talento dele pra musicais. Gosto de musicais e fiquei interessada pra assistir esse filme, mas te confesso que não é muito prioridade na minha lista porque tô com um bocado de filmes atrasados que tenho que correr pra pegá-los em cartaz. Espero que dê tempo de assistir ainda nas telonas.

    Ótima crítica, super completa. Gostei de saber as tuas impressões e espero ter as minhas logo logo pra a gente trocar umas ideias.

    Beijão!
    Hey, Maria! | Fanpage

    ResponderExcluir
  17. Quero muitooo assistir a esse filme..Não sou muito fã de musical, mas me interessei muito por esse, só o trailer já foi encantador

    Dani Ramos
    https://donaengenhosa.com.br/

    ResponderExcluir
  18. eu vi o trailer desse filme e to super curiosa pra assistir esse filme, agora com seu post to anida mais curiosa pra assistir!

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  19. Ainda não assisti, mas pelo trailer parece um filme bem bonito e com músicas contagiantes. Tem tudo pra ser bom, espero que eu consiga ver nos cinemas rs

    ResponderExcluir
  20. Olá,
    Estou bem ansiosa para assistir esse filme, adoro o trabalho do Hugh e da Michelle, e esperoc curtir. A trilha parece estar bem bacana, mas uma pena sobre a abordagem do protagonista parecer esburacada.

    Feliz Natal atrasadinho e um próspero Ano Novo!
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  21. Estou louca para assistir esse filme, parece ser ótimo. Adorei a sua crítica.

    Beijos
    http://www.pimentadeacucar.com

    ResponderExcluir

Obrigada por chegar até aqui para deixar a sua opinião. É fundamental para mim. O que dá sentido com ratificação para cada reflexão entre análises, dicas, informações e sentimentos aqui escritos são essas nossas trocas evolutivas de sensações e pitacos.

Não esqueça de clicar em "notifique-me" abaixo do seu comentário para receber por e-mail a resposta dada.

Posts Recentes Mais Posts

SIGA BRUNT NAS REDES

Direitos Autorais

Todos os escritos aqui postados são de autoria da escritora, poetisa, jornalista e blogueira Vanessa Brunt. As crônicas, frases, poesias, análises e os demais diversos escritos, totais ou em fragmentos, podem ser compartilhados em quaisquer locais e sites (quando não para fins lucrativos: criação de produtos para vendas, entre outros), contanto que haja o devido direcionamento dos direitos autorais. Ademais, as imagens utilizadas no blog para as postagens não são, em sua maioria, feitas pela autora. Portanto, para qualquer problema envolvendo os créditos das fotos, basta entrar em contato e o caso será resolvido prontamente.