VÍDEO | AS ENTRELINHAS DO INDICADO AO OSCAR: SE A RUA BEALE FALASSE | CRÍTICA

sexta-feira, fevereiro 08, 2019


Indicado a três categorias do Oscar 2019, o filme Se a Rua Beale Falasse é adaptação do livro homônimo do estadunidense James Baldwin (1924 - 1987). A trama impactante mistura romance e críticas sociais sendo, infelizmente, repleta de assuntos que acabam servindo como pautas extremamente atuais.

Feito com a costura de diversas entrelinhas e analogias, a obra vai muito além de críticas ao racismo e acumula pontos positivos intensos, apesar de frustar de uma forma grandiosa. Mas, será que essa frustração não foi intencional e necessária? Assista à crítica (sem spoilers) para entender as metáforas do longa e para captar o que tipo de frustração que ocorre ao assistir ao filme:


Durante o vídeo ainda dei indicações de outros filmes e também de documentários (além de um texto/desabafo sobre nudes, que pode ser conferido aqui).

Nos comentários do próprio vídeo, no canal de YouTube, deixei ainda alguns acréscimos de detalhes que não pontuei na crítica, mas que vejo como importantes. Abaixo, é possível conferi-los (não recomendo, porém, que veja o tópico 3 antes de terminar de assistir ao vídeo completo)

Pessoal, três detalhes importantes que acabei não pontuando no vídeo: 

1. Existe uma cena em que um marido bate na esposa (não estou citando quem são os personagens para não dar spoiler). Na cena, pouco antes da atitude do marido, a esposa está sendo desrespeitosa com outras pessoas. O fato dela estar errando, no entanto, não justifica a agressão cometida pelo marido. Essa é mais uma crítica que o filme deixa nas entrelinhas, já que muitos podem assistir ao momento da cena e julgar como certa a atitude do marido, simplesmente porque a esposa esteve cometendo atitudes que não são corretas. Mas nada justifica a agressão. Nesses casos, a mulher (ou quem recebe a agressão) é sempre a vítima. Importante frisar. Reflitam bem ao assistir sobre quando ouvimos outras pessoas tentando transformar a vítima em culpada: e isso não existe (não existe essa possibilidade). 

2. É ratificado no filme que a protagonista não teve grandes possibilidades de estudar. Ainda assim, ela é batalhadora, empoderada e repleta de bons argumentos e de boas instruções, principalmente por conta do seu bom caráter. Reflexões sobre preconceitos de classes também ficam muito presentes e a protagonista, com esse combo, acaba sendo mais um meio de desconstrução e de 'tapa na cara' da sociedade. 

Outra analogia bacana de observar é a feita através de Fonny que, como escultor/artista, representa os talentos que perdemos na sociedade por injustiças nascidas dos preconceitos.

3. Quando citei que a frustração é necessária, deveria ter frisado o quanto a sensação final é a de que acabamos de assistir a um filmaço! Posso arriscar dizendo que não tem como sentir algo diferente disso. A raiva que sentimos pelo filme, para quem entende a necessidade (a representação) dela, só faz com que essa noção de grandeza da obra seja ainda maior.


Não deixe de estar inscrito no canal, porque, em breve, teremos vídeos em todas semanas. O blog, no entanto, não vai ser alimentado somente pelos vídeos e teremos, em meio a esta nova fase, também outras postagens diferenciadas (no melhor estilo antigo, por assim dizer).

E então, já assistiu ao filme? Qual foi a sua sensação final? Quais os outros longas que estão na nova lista do Oscar e que você já conferiu? Conta tudo nos comentários! 

♥ Clicando abaixo já é possível fazer a sua inscrição:

LEIA TAMBÉM:

12 COMENTÁRIOS

  1. Você acredita que ainda não vi a lista dos indicados?
    Tanta correria por aqui...
    Mas vi bastante o cartaz desse filme pela internet, fiquei feliz em saber um pouco mais.
    Beijinhos
    Blog Entre Garotas

    ResponderExcluir
  2. Gente!
    Não vi esse filme, mas UAU
    to precisando assistir, porque exatamente tem muita coisa
    e gente, parece que tem uma força interessante... Fiquei com vontade de assistir
    Não sabia que era o mesmo diretor do ultimo ganhador moonlight
    e nossa! Camera na altura do olhar, pinceladas em frases... Muito interessante além dos preconceitos e da luta do negro e da mulher
    adorei o vídeo e seu post sobre :)

    Beijocas da Pâm
    Blog Interrupted Dreamer

    ResponderExcluir
  3. Ainda não assisti esse filme, mas fiquei com muita vontade de assistir. Adoro coisas que fazem a gente refletir.
    Beijos
    www.infinitafeminice.com.br

    ResponderExcluir
  4. Eu já assisti diversos filmes indicados à premiação, e na lista dos próximos está The Favourite e esse. Infiltrado na Klan também foi um dos que eu mais gostei, na minha opinião merece demais levar Melhor Filme (apesar da disputa com Pantera Negra estar acirrada!).

    ResponderExcluir
  5. Eu ainda não vi este filme na minha maratona ao Oscar, mas estou curiosa pra conhecer mais a história e suas entrelinhas!

    Um beijo,
    Quase Mineira

    ResponderExcluir
  6. Deve ser um filme bem reflexivo.
    Gostei da resenha!

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    O blog está em HIATUS DE VERÃO até o dia 23 de fevereiro, mas tem post novo. Comentarei nos blog amigos nesse período.

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
  7. eu to mt mt mt devagar com a maratona oscar esse ano.. quase certeza que nao vou conseguir ver nem todos os indicados a melhor filme :( mas como sempre, adorei suas reflexões!!! beeeijos

    ResponderExcluir
  8. eu to assistindo alguns dos indicados, mas ainda nao tinha visto nada sobre esse filme, adorei ver a indicação por aqui, com certeza vou procurar pra assistir

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  9. Eu ainda não assisti esse filme mas pela resenha parece ser interessante.
    beijinhos
    Blog Entre Garotas

    ResponderExcluir
  10. Oi Vanessa estou lendo o livro e gostando bastante.
    Assim que terminar quero assistir o filme.
    Beijos

    Divagando Palavras
    www.divagandopalavras.com

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Que post incrivelmente bem escito. EU ainda não assisti ao filme, mas depois dessa resenha eu estou com muita curiosidade. Parabéns pelo post.

    Beijão!
    Lumusiando

    ResponderExcluir
  12. Foi um filme que eu esperava mais, porém é uma boa produção.
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir

Obrigada por chegar até aqui para deixar a sua opinião. É fundamental para mim. O que dá sentido com ratificação para cada reflexão entre análises, dicas, informações e sentimentos aqui escritos são essas nossas trocas evolutivas de sensações e pitacos.

Não esqueça de acompanhar frases e outras indicações também pelo Instagram e de clicar em "notifique-me" abaixo do seu comentário para receber por e-mail a resposta dada.

Posts Recentes Mais Posts

MAIS DICAS: @VANESSABRUNT

Direitos Autorais

Todos os escritos aqui postados são de autoria da escritora, poetisa, jornalista e blogueira Vanessa Brunt. As crônicas, frases, poesias, análises e os demais diversos escritos, totais ou em fragmentos, podem ser compartilhados em quaisquer locais e sites (quando não para fins lucrativos: criação de produtos para vendas, entre outros), contanto que haja o devido direcionamento dos direitos autorais. Ademais, as imagens utilizadas no blog para as postagens não são, em sua maioria, feitas pela autora. Portanto, para qualquer problema envolvendo os créditos das fotos, basta entrar em contato e o caso será resolvido prontamente.