ASSISTIDOS DO MÊS: THE SOCIETY, SIMONAL, THE FALL, O REI LEÃO, LA CASA DE PAPEL E MAIS!

quinta-feira, agosto 08, 2019


Vamos bater um papo sobre as principais lições/mensagens e simbologias de filmes e séries recentes (ou tão incríveis que cheguei a reassistir)? Contei o que assisti de principal neste mês e, de quebra, ainda trouxe a análise da letra de uma música super bacana que também foi lançada recentemente.

Deixei claro se recomendo ou não cada uma das produções e o que podemos enxergar de uma forma diferenciada nelas se analisarmos as entrelinhas. Os filmes foram O Rei Leão, Simonal e Como Eu Era Antes de Você. Já as séries foram The Fall, The Society e La Casa de Papel. Por fim, falei sobre The Archer, nova canção de Taylor Swift.

Veja tudo no vídeo completo do nosso canal (e veja abaixo o momento do vídeo em que falo de cada uma das obras):


O momento (do vídeo) em que começo a falar sobre cada uma das obras:
02:38 – The Society
06:52 – Como Eu Era Antes de Você
11:20 – Black Mirror (5ª temporada)
15:07 – O Rei Leão
19:15 – La Casa de Papel
23:04 – Simonal
28:10 – The Fall
30:01 – The Archer

O QUE NÃO FALEI SOBRE O FILME SIMONAL

Simonal foi um filme que conferi na cabine de imprensa (antes de ser lançado nos cinemas), então ele está fresquinho e é bacana observar que o início da produção consegue transportar o espectador com intensidade para as décadas de 60 e 70. Desde as tonalidades das cores e os cenários até a trilha sonora e o figurino, chega a ser possível de sentir, em alguns momentos, que o próprio filme – não fosse pela qualidade das imagens – é uma obra gravada naquela época (o que pode chegar a criar certos incômodos inicialmente).

Do meio para o final, porém, o longa ganha mais diálogos e clímax que vão gerando uma noção maior de estarmos diante de um filme atual – inda que retrate o passado. O filme não se perde, assim, em um tom documental, mas também não cai no perigo do dramalhão ou de acabar parecendo distante do que realmente ocorreu na trajetória do protagonista. As imagens verídicas que surgem intercaladas e de formas sutis, conseguem fazer com que a sensação de verdade se engrandeça não somente após os créditos subirem na tela.

É importante observar, ainda, o quanto os erros do protagonista podem servir como lições/metáforas para a vida empreendedora. É uma obra mais sobre o que não fazer do que sobre o que deve ser um bom exemplo, mas é daí que surgem as boas tiradas. O protagonista não admite os próprios erros (como os gastos financeiros desenfreados e claramente ocorridos) e esse acaba sendo o seu maior erro. Caso admitisse, seria melhor perdoado e as soluções seriam saídas, inclusive, mais simples do que o emaranhado de problemas que acaba surgindo. A lição de que o erro humaniza e é importante de não ser omitido fica calibrada.

Simonal ainda afasta amigos e profissionais ao seu redor, além da esposa (como explico no vídeo), sempre tentando jogar culpas para quem tenta ajudá-lo ou, ao menos, os tratando com grosseria e desdém. Ter abandonado amigos e pessoas que estão ao seu lado antes da carreira de sucesso também é outro dos seus erros. Assim, acaba sem suportes, distante das próprias raízes, e sem ouvir opiniões que poderiam salvá-lo (e sem ter vozes por aí disseminando algo realmente bom sobre a sua própria pessoa).

São lições assim, como as ditas no vídeo, que fazem o filme não ser uma perda de tempo, apesar dos pesares.


Veja no vídeo todos os detalhes sobre os outros filmes e séries que assisti no último mês.

E você, o que andou assistindo? Já viu alguma dessas produções? O que achou das entrelinhas que conversamos sobre?

Deixo aqui o lembrete de que se você quer ler dicas rápidas, o meu site Não Óbvio traz listas com indicações de segundas a sextas.

Clicando abaixo já é possível fazer a sua inscrição no canal:

LEIA TAMBÉM:

2 COMENTÁRIOS

  1. Sensacional! Consegue sempre trazer o que mais ninguém visualiza e explica.

    ResponderExcluir
  2. Amei! Vou reassistir Como Eu Era Antes de Você depois de conseguir enxergar dessa forma. E as outras indicações ainda não vi e com certeza vou assistir agora com outro olhar

    ResponderExcluir

Obrigada por chegar até aqui para deixar a sua opinião. É fundamental para mim. O que dá sentido com ratificação para cada reflexão entre análises, dicas, informações e sentimentos aqui escritos são essas nossas trocas evolutivas de sensações e pitacos.

Não esqueça de acompanhar frases e outras indicações também pelo Instagram e de clicar em "notifique-me" abaixo do seu comentário para receber por e-mail a resposta dada.

Posts Recentes Mais Posts

MAIS DICAS: @VANESSABRUNT

Direitos Autorais

Todos os escritos aqui postados são de autoria da escritora, poetisa, jornalista e blogueira Vanessa Brunt. As crônicas, frases, poesias, análises e os demais diversos escritos, totais ou em fragmentos, podem ser compartilhados em quaisquer locais e sites (quando não para fins lucrativos: criação de produtos para vendas, entre outros), contanto que haja o devido direcionamento dos direitos autorais. Ademais, as imagens utilizadas no blog para as postagens não são, em sua maioria, feitas pela autora. Portanto, para qualquer problema envolvendo os créditos das fotos, basta entrar em contato e o caso será resolvido prontamente.