6 PASSEIOS PARA CURTIR OS LADOS CULTURAIS MAIS ARTÍSTICOS DE SÃO PAULO + CAFETERIAS APAIXONANTES

sábado, agosto 10, 2019


Se você acompanha lá no Instagram (@vanessabrunt), viu que passei algumas das últimas semanas em São Paulo. Saí do meu canto Salvador e fui lá para participar de alguns eventos sobre inovação e tecnologia, como foi o caso do Whow!, um festival que acontece anualmente e traz palestras, mentorias e outras possibilidades bacanas.

Já tinha ido (e vou) para SP algumas vezes, mas aproveitei os novos dias na capital paulista para curtir tudo o que podia encontrar de mais artístico por lá. Como escritora e uma eterna apaixonada por metáforas, não poderia deixar de caçar os lados mais poéticos e sentimentais do canto que é conhecido por ter pouco coração (mas tem é muito!).

Separei, portanto, tudo o que encontrei de mais cultural e artístico por lá e deixei tudo aqui, em um roteirozão repleto de indicações com programas, bairros, museus, cafeterias e outras dicas, incluindo lugares para deixar o queixo no chão e querer fazer muitos cliques. É tudo gratuitão ou bem baratinho. Como a lista ficou grandinha –principalmente por conta das diversas fotos –, vou deixar previamente os principais tópicos do que será encontrado neste nosso roteiro:

✈ Embu das Artes | com dicas de galerias e outros locais para visitar por lá.
✈ Pinheiros | com sebo, teatro e cafeteria.
✈ Dica de cafeteria para visitar no Centro + Farol Santander (exposições, visitação e vista).
✈ Casa das rosas + Avenida Paulista aos domingos | com dicas de locais para fazer compras baratas e cantos culturais para visitar.
✈ Vila Madalena + Beco do Batman.
✈ Jardim da Luz + Pinacoteca + Museu da Lingua Portuguesa.
✈ Extra: Doceria Amor aos Pedaços.

Vamos poetizar a vida? Veja as dicas:

1. EMBU DAS ARTES

O Embu das Artes está localizado a menos de 30 km da capital paulista e se destaca pelas ruas tomadas por artistas, que fazem apresentações ou expõem seus feitos artesanais. Repleta de construções históricas, a cidadezinha traz muitas janelas e portas recheadas de flores, além de casinhas coloridas que servem não só como meios residenciais, mas também como moradas de galerias, restaurantes e outros cantos abertos para nossas chegadas. Poesia pura!

Na parte das feirinhas, nada de dores no bolso. É possível encontrar produtos a preços amigos e pagando diretamente para quem faz. Das lojinhas de decoração e artefatos até os pintores que fazem obras na hora, bem ali nas feiras, o Embu me encantou especialmente por uma galeria cheia de artes nacionais e surreais, a Fênix Galeria.

➧ A Fênix Galeria (@fenixgaleriadearte) apresenta e vende obras de artistas nacionais e internacionais com histórias inspiradoras, tendo uma vasta gama de pintores brasileiros no catálogo. Os casos vão desde um homem de 90 anos que não tem as funcionalidades de um dos braços até pintores que fazem tudo com apenas uma espatula, é difícil de não se emocionar. Mas não precisa sequer saber as histórias de vida por trás para o queixo ficar caído.

Sou apaixonada pela arte de Pascal Campion (@pascalcampionart) e logo quando entrei dei de cara com as obras do artistas Nelson Molina (@nelsonmolina), que me lembrou bastante o estilo melancôlico com jogos e sombras e luzes que o Pascal também faz. Também sou fissurada nas obras da Agnes Cecile (@agnes_cecile) e conhecer os quadros da artista Gisele Ulisse (@giseleulisse) foi como um tapa na minha testa dizendo: "ei, temos obras incríveis assim também no Brasil. Busque e valorize!". As artes de Evandro Schiavone (@evandroschiavone) eram as mais disputadas do ambiente e é mais uma dica bacana para acompanhar.

São diversos os artistas incríveis e é bacana poder acompanhar a galeria e cada um deles pelo Instagram, tendo ilustrações para nos inspirarmos, nos emocionarmos e tirarmos muitos prints. Mas, sério, nada supera estar lá, olhando tudo de pertinho. A textura dos quadros e o saber de que todos são feitos cuidadosamente à mão tornam tudo ainda mais surreal e poético.

Saiba mais sobre cada artista no site oficial da galeria (na aba Artistas). E, para quem quer dicas de livros que trazem apenas ilustrações para adultos, temos uma lista super bacana e recheada no meu site (de listas), o Não Óbvio (veja).

 Além da Feira de Artesanato de Embu, dos restaurantes e de diversos cantos incríveis para ir explorando pelo Embu, uma outra dica – principalmente para os loucos por fotos poéticas e cheias de flores –, é passar pela Viela das Lavadeiras. O local é repleto de portas com muitas flores (como mostra a imagem que abriu este post), postes antigos que dão um ar mais vintage e conta com algumas artes de grafite pelos muros.

Antiquários, lojas de design e restaurantes podem ser encontrados no local. Uma das lojas mais conhecidas é a São Benedito, de móveis. Os preços nessa parte do Embu, porém, podem ser um pouco mais salgados. Ela abriga, por exemplo, o restaurante mais sofisticado da cidade, chamado Empório São Pedro.

➧ Veja mais informações sobre o Embu no site oficial da cidade.

Veja algumas fotos do Embu e das partes que citei abaixo:

Florbela Móveis e Decoração 
 Fênix Galeria (mais fotos abaixo) 

2. SEBOS, MUSEU E CAFETERIA EM PINHEIROS

Pinheiros é, sem dúvidas, o meu bairro favorito de São Paulo (capital). Falando na capital, inclusive, daqui para baixo todas as indicações são realmente dentro dela, diferente de como foi o caso do Embu (acima). Eu que sou a louca das cafeterias e dos cantos que nos inspiram a escrever e sonhar mais alto, não poderia ter outra escolha. Pinheiros é conhecido por seus cafés descolados, galerias modernas de arte, lugares com música ao vivo e pelos bares e bistrôs inovadores da região do Baixo Pinheiros.

➧ O que eu mais amo é sair andando pelo bairro e passando pelos diversos sebos de livros que existem por lá. Em um deles, encontrei desde um box completo de Game Of Thrones por apenas R$ 40 até obras clássicas de grandes poetas. Como escritora, me deparo com portais para mundos mágicos sempre que entro em mais um sebinho de lá. Um deles, inclusive, o @desculpeapoeira, está crescendo cada vez mais no Instagram e compartilha trechos de algumas obras que disponibiliza.

Eles chegam a ir muito além dos livros e em vários casos vendem também CDs, DVDs e outros produtos. Muitos dos sebos, inclusive, se disponibilizam a ir nas casas das pessoas para pegar os livros que desejam vender para eles. Se você acha que uma obra merece passar por outras mentes e está um pouco parada na sua estante, não deixe de ajudar pessoas a se depararem com mais artes.

Fiquei super triste porque passei em um sebo incrível que faz isso e cheguei a pegar o cartão deles, mas não tenho encontrado. Mas o que importa é que todos são fáceis de achar caminhando por Pinheiros.

➧ Depois de caminhar pelo bairro, a cafeteria Ofner (@lojasofner) é uma ótima pedida para parar, relaxar e digerir as delícias do local. Ela é bastante famosa em São Paulo e é ideal para quem quer tomar um chocolate quente mais grosso/cremoso, comer uma torta saborosa ou até ir para os salgados, pedindo uma coxinha bem recheada.

➧ Logo em frente à cafeteria Ofner está o Instituto Tomie Ohtake e fiquei morrendo de vontade de entrar lá, mas não deu tempo no dia. O prédio é um museu com grande rotação de exposições da arte contemporânea, além de ter uma programação intensa de cursos. Lá também é possível de encontrar um teatro, uma livraria e bistrô. Fica a dia extra para quem passear por Pinheiros.

➧ Outra dica para curtir em Pinheiros é o Mercado de Pinheiros, que oferece uma grande variedade de barracas de produtos e lojas especializadas, além de pequenos restaurantes com cardápios criativos. Comida de rua, antiguidades e bandas ao vivo são os atrativos do animado Mercado Benedito Calixto, que acontece todos os sábados.

3. CAFETERIA E FAROL SANTANDER NO CENTRO

No centro de São Paulo curti, em especial, dois ambientes incríveis:

➧ O primeiro foi o Café Girondino (@cafegirondino), que nos recebeu com um atendimento impecável. Apesar de ser uma cafeteria com diversas opções de pequenas e grandes sobremesas na parte de baixo, fomos lá para almoçar e fiquei na parte superior. Para quem nunca foi no local, a principal dica que já deixo logo de cara é: um prato para um serve muito bem para duas pessoas, peça para dividir.

Os pedidos chegaram rápido, bem preparados e foi o melhor espaguete quatro queijos que já comi na vida. As entradas também foram deliciosas e já chegam com diversas opções, como pães de queijo e torradas com molhos.

Mas, para quem está mesmo é com interesse em ver artes, as fotografias emolduradas pelas paredes do Girondino e a arquitetura aconchegante com toques retrô fazem também valer.

➧ O Café fica pertinho do Farol Santander, o segundo lugar que visitei no dia. Dá para ir andando tranquilamente, mesmo de barriga cheia. O Farol fica localizado no centro de São Paulo, ao lado do Mosteiro de São Bento, e conta com um grande acervo fixo e com algumas exposições em exibição por um tempo limitado.

As partes fixas focam em mostrar como funcionava o mundo, principalmente financeiro, no passado. É uma imersão maravilhosa para curiosos e apaixonados por decoração, já que eles refazem diversos locais inteiros (que se tornam interativos) e o público pode simplesmente 'entrar no passado' de fato.

Lá, ainda tem o terraço, de onde dá para ter uma vista ampla de São Paulo e das suas artes e construções. Mas o que ganhou mesmo o meu coração foi a exposição Riscos e Rabiscos: Lendo a Cidade, que é pura poesia.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Com experiências imersivas, a mostra acontece em dois andares (19 e 20) do espaço e apresenta um passeio pela tipografia urbana paulistana. Com fotografias, vídeos, obras diversas, oficinas de carimbos e tecnologias interativas criadas por sete artistas, a curadoria de Leonel Kaz, usa diversos meios para exibir as diferentes manifestações que as letras podem criar na vida urbana, indo desde a tipografia clássica até a linguagem das ruas, os letreiros, as placas, os bueiros e a arte de rua em geral.

Apesar de ter certo foco em SP, as reflexões trazidas podem servir para qualquer vida urbana e para quem ama metáforas em geral. Uma das partes da exposição, por exemplo, traz letras refletidas no chão. Ao pisar nelas, as letras refletem no visitante, que é ‘transformado em palavras’. As projeções fundem o próprio corpo às letras e enquanto andamos, fazemos uma música tocar no nosso ritmo.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
É possível visitar a exposição Riscos e Rabiscos de terça a domingo, das 9h às 20h. Ela fica em cartaz até 3 de novembro (de 2019). O ingresso custa R$ 25 por pessoa e inclui a visitação completa ao Farol Santander.

Mesmo quando a data passar e ela sair de cartaz, outras mostras vão entrando no lugar e o espaço continuará válido para as visitações. É possível, ainda, que a mostra possa voltar futuramente com renovações.

➧ No Não Óbvio tivemos uma lista com indicações fora do óbvio para curtir pelo centro de São Paulo. Vem ver! E aproveite para conferir algumas fotos da exposição do Farol:


4. CASA DAS ROSAS + AVENIDA PAULISTA AOS DOMINGOS

Fui curtir a Avenida Paulista, um dos locais mais famosos de São Paulo, mas descobri lá um canto especial para quem ama arte e poesia e antes de falar da paulista em si, preciso falar dele:

➧ Trata-se da Casa das Rosas (@casadasrosas), um casarão no estilo clássico francês que é, na verdade, um museu focado na poesia e literatura em geral. Com eventos diversos, o espaço traz uma livraria repleta de obras de vários gêneros, além de cantos com decorações vintage e um terraço espaçoso (super reflexivo, bem cara de cena de filme...) com uma vista belíssima para as artes, árvores e prédios da Avenida Paulista.

Com estufas belíssimas, o espaço fica repleto de diferentes flores e plantas e eu que encontro muitas metáforas na natureza não pude deixar de surtar. O local ainda tem uma cafeteria super bacana e com espaço a céu aberto logo ao lado da casa, mas não cheguei a adquirir nada por lá.

Dentro da casa, mesmo quando não estão acontecendo os eventos borbulhantes, é possível curtir alguns detalhes fixos, como o telefone que tem poesias recitadas para quem o retira do gancho, a própria livraria e as decorações – como é o caso dos banheiros com decoração mais vintage, um rosa (só para apreciação e fotos) e um com detalhes esverdiados para uso real.

O mais bacana é que a Casa fica aberta também aos finais de semana, o que faz com que seja possível de colocar no roteiro aos domingos (das 10h às 18h), que é quando a Av. Paulista fica fechada para receber artes diversas.

➧ Uma das coisas mais incríveis para qualquer turista (ou até morador de São Paulo) é ir para Avenida Paulista aos domingos, quando ela fica fechada, impedindo a entrada de carros, mas aberta para que o público ande e para que artes sejam feitas na hora.

Além das bicicletas, skates e outras possibilidades que também ganham áreas disponíveis pela Avenida, artesãos levam as suas artes e montam barraquinhas com itens nada óbvios, cantores tocam e cantam músicas diversas e até poetas param para declamar. Tem de tudo, tudo o que for arte exalando.

➧ Para quem quer dicas do que curtir pela Avenida fechada, o shopping Market Paulista conta com diversas opções para quem está buscando uma pausa para fazer compras baratas. Tem de tudo lá, desde aparatos tecnológicos até bolsas e armações de óculos.

➧ Mas vamos voltar para o mundo das artes e, dentro dele, uma boca dica na Paulista é ir até a Japan House (@japanhousesp), por exemplo, foi inaugurada em 2017. Sua estrutura de madeira no início da avenida chama a atenção dos transeuntes. Nela, são promovidas exposições, oficinas e cursos sobre a cultura oriental, além disso, há restaurante e cafeteria para quem quer provar as delícias da culinária japonesa. A entrada é gratuita.

➧ Já o Itaú Cultural, com visita gratuita, conta com mostras temporárias, espetáculos de música e teatro. A programação pode ser conferida no site do local. E, para fechar, o SESC Avenida Paulista oferece brincadeiras na rua para crianças, além de outras programações culturais gratuitas.

Confira alguns dois cliques feitos na Casa das Rosas: 


5. VILA MADALENA + BECO DO BATMAN

Perto de Pinheiros, bairro sobre o qual falei acima, está a Vila Madalena e, nela, está o Beco do Batman, local famoso pelos muros grafitados em essipê. A Vila forma o bairro mais boêmio de São Paulo e lembra um pouco o pique do Rio Vermelho, de Salvador.

Com muitos barzinhos badalados, é a pedida ideal para quem quer encontrar algo mais animado para fazer à noite, mas quer também fugir das boates. Os bares começam a ganhar movimento desde a tarde, mas é na noite que o local bomba.

Além dos bares, a Vila conta com lojas de moda independente, cafés casuais e galerias de arte contemporânea. Mas é nos próprios barzinhos que estão os espaços de música ao vivo. Eles abrigam apresentações de soul, funk e samba.

Confira aqui alguns dos melhores bares da Vila.

Já o Beco do Batman é uma travessa localizada na Vila Madalena. O que mais encanta por lá não são somente os murais repletos de artes como pinturas e grafites, mas também as artes apresentadas pelos artistas locais.

Em uma pegada parecida com o Embu das Artes, lá estão diversos artistas artesanais apresentando suas obras e deixando à venda. Alguns preços, porém, são bem absurdos, mas outros são válidos (principalmente quando se trata do que é artesanal). É bacana garimpar e, ao menos, apreciar todas as artes possíveis.

O que me surpreendeu é que tem até fotógrafos profissionais que ficam por lá disponíveis para tirar as fotos dos visitantes nos murais pintados/grafitados. As artes das paredes acabam sendo, de fato, o atrativo principal, e é muito bonito observar que as metáforas feitas através de desenhos tocam corações e têm ganhado cada vez mais espaço para chamar a atenção e passar mensagens profundas. São poesias imagéticas.

 Bar Quintal do Espeto 

6. JARDIM DA LUZ: COM PINACOTECA + MUSEU DA LÍNGUA PORTUGUESA

Já deu uma volta pelo Jardim da Luz? Além de abrigar a Pinacoteca (@pinacotecasp) e estar próximo ao Museu da Língua Portuguesa (um dos meus cantos favoritos do planeta inteirinho), ele é um espaço público que parece cenário de filme sobre magia, como um bosque encantado.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
A ideia é ir aos sábados (quando os espaços culturais estão gratuitos), curtir por lá e depois ir visitar os museus. Para quem quer fazer algum ensaio fotográfico mais poético, o lugar é certeiro.

O parque é diferente de todas as outras áreas arborizadas (e de outros jardins e parques) que já vi da cidade. Com fontes, pontes que contam com suportes feitos pelos galhos das árvores e muitas esculturas, o local ainda conta com aqueles coretos maravilhosos (que são pavilhões inicialmente criados para concertos musicais em jardins ou praças, mas que lembram de cenas românticas, mágicas ou reflexivas de diversos filmes).

A Pinacoteca conta com uma cafeteria belíssima que parece estar dentro do Jardim para quem ficar na sua área externa, mas o foco dela é apresentar artes visuais. Com galerias repletas de obras de diversos artistas, ela conta com nomes contemporâneos e apresenta também quadros de famosos, como Picasso.

Sempre com alguma exposição interativa, ela conta também com vídeos e, por vezes, apresentações diversas. A minha dica é começar pelos andares superiores, já que as interatividades costumam acontecer neles e os quadros que considero mais belos e poéticos também estão lá.

A Pinacoteca também oferece programas educativos variados, veja no site oficial do espaço.

➧ Mas a minha dica principal (mesmo!) para quem vai na Estação da Luz é ir até o Museu da Língua Portuguesa. Repleto de tecnologia e interatividade, ele conta com salas que recitam poemas, trechos de poesias e reflexões diversas pelas paredes, além de várias outras opções que fazem qualquer apaixonado pela literatura pirar.

Infelizmenete, o museu ainda está em reconstrução após o incêndio, mas a previsão de retorno é até o ano que vem (2020). Acompanhe no site.

Veja algumas fotos na Picoteca e no Jardim:


EXTRA: AMOR AOS PEDAÇOS

Um extra que não poderia faltar neste roteirozão artístico é mais uma opção de cafeteria. Na verdade, Amor aos Pedaços é uma doceria, mas trouxe algumas das delícias mais saborosas que já provei. E o mais bacana é que descobri um certo segredo para deixar uma dica especial para vocês.

Lá, o pessoal faz uma empada de camarão na hora. Quentinha e muito bem recheada, ela vem com um molho que não deixa a desejar mesmo quando o camarão acaba. A questão é que não vi isso sendo divulgado em nenhuma parte do cardápio, mas quando fui perguntar sobre os salgados foi que descobri.

Além do salgado, provei uma fatia de torta de leite em pó com avelã e morango, uma das melhores que já comi na vida! Sem dúvidas, se voltar lá, é o que vou pedir novamente. A Amor tem sede em vários cantos de São Paulo e a que eu fui fica no bairro Casa Verde.

É a pedida ideal para o fim de um dia turistando pela cidade. Antes de ir para casa ou para o hotel, fica a dica para passar lá e sentar um pouco, degustar de novos sabores da vida e sentir mais a intensidade de tudo o que viveu. Afinal, são detalhes assim que fazem parte da noção de viver intensamente (falei mais sobre isso no último vídeo do canal, já viu?).

❱ Acompanhe mais pelo Instagram (@vanessabrunt)


E você, já visitou mais algum canto que exala arte em São Paulo ou em algum lugar que te marcou pelo mundo por ser poético? Já foi em algum desses espaços que indiquei aqui? Gostaria de ver dicas assim sobre Salvador e outros lugares? Não deixe de deixar as suas dicas e opiniões.

LEIA TAMBÉM:

57 COMENTÁRIOS

  1. AMEI seu post com dicas excelentes do que fazer na cidade e tbm vale super a pena visitar embu que é aqui pertinho

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  2. Amo a sua visão artística e poética de mundo, ninguém faria um roteiro tão lindo assim. Quero mais posts de turismo sim! E to amando os vídeos do canal sempre

    ResponderExcluir
  3. Confesso que não tenho muito interesse em conhecer São Paulo e de lá só vi os aeroportos kkk, mas gosti bastante do seu roteiro e deixei salvo para quem sabe um dia poder utilizá-lo.
    Beijo enorme ❤

    ResponderExcluir
  4. Muito bom seu artigo, estou acompanhando seu blog há alguns dias e posso dizer é estou adorando. Sempre tem conteúdo de qualidade com bastante dicas e informações interessantes!

    Parabéns!

    Meu Blog: Website Apostando na Loteria

    ResponderExcluir
  5. Não estava sabendo dessa exposição Riscos e Rabiscos e agora quero ir até lá conferir o trabalho de perto. Nem preciso dizer que amei dessa essa publicação, né? Tu arrasa sempre.

    Beijos
    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
  6. a visão artística e os cafés de São Paulo me atrai bastante, gostaria de viajar mais vezes para a capital. É um pacote de aventuras para todos os estilos.
    Amei suas indicações, tem para todos os gostos.
    bjs www.diadebrilho.com

    ResponderExcluir
  7. que lugares incríveis!
    quando for pra SP vou querer ir certo!

    xoxo
    Guria do Século Passado

    ResponderExcluir
  8. São Paulo tem lugares incríveis para serem explorados. Amo demais a Casa das Rosas e já levei várias amigas pra lá.
    big beijos
    www.luluonthesky.com

    ResponderExcluir
  9. Uaaaaau, que lugares maravilhosos! Amei.
    Beijos,
    www.lewestinblog.com

    ResponderExcluir
  10. Oi flor, amei sua postagem, que lugar lindo, nunca visitei São Paulo e agora fiquei com vontade viu!
    Amei as artes, os lugares lindos e aconchegantes e os cafés. In love!!

    Beijos Mila

    Daily of Books Mila

    ResponderExcluir
  11. Queria muito conhecer embu e o beco de preferência com um fotógrafo junto hehe

    Beijinhos ;*

    Blog Menina Caprichosa | Canal Youtube | Facebook | Insta

    ResponderExcluir
  12. Eu morro de vontade de ir conhecer São Paulo, quero muitooo fazer esse passeio logo!
    O Beco do Batman, Vila Madalena, a Pinacoteca, o bairro Pinheiros... Ai parece tudo tããão lindo!
    E esses cafés então? Vontade de ir comer um doce agora mesmo :)
    Amei suas dicas, com toda certeza vou revisitar esse post quando de fato for conhecer São Paulo.
    Ah, e você lindíssima nas fotos. Seu cabelo é tão brilhante e bonito ♥

    https://www.heyimwiththeband.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Que coisa mais linda. Amei cada um dos lugares. Já está na lista para a próxima ida a São Paulo.

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  14. ahahah mas que bela coincidência :D
    obrigado, querida!

    ótimo post. meu sonho é visitar SP :D

    NEW REVIEW POST | MAKEUP REVOLUTION EYE SHADOWS, WORTH IT?
    InstagramFacebook Official PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderExcluir
  15. Sabe que eu já fui diversas vezes pra Sampa, mas dos que você comentou, só conheço a Paulista? São Paulo é imensa, tem tanta coisa pra ver. Acho que nem se eu morar um ano lá e sair todos os dias eu não vou conhecer tudo haha

    ResponderExcluir
  16. Olá, Vanessa.
    Esse Beco do Batman eu vi esses dias no jornal hehe. Só fui uma vez em SP e faz sete anos já. Fui na bienal por isso nem deu para visitar nada. Mas tenho muita vontade. As fotos ficaram lindas.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  17. Louca pra voltar pra São Paulo ♥ Sou louca pra conhecer o beco do batman ♥

    www.blogflorescer.com

    ResponderExcluir
  18. Super anotei a dica para quando for visitar a cidade. Amei Embu das Artes
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  19. Acredita que nunca fui a São Paulo, quero muito visitar!!! E conhecer o Beco do Batman AAAA <3 tantos lugares incríveis
    Muitos beijos 💋
    www.ummimoso.com

    ResponderExcluir
  20. Com toda certez, os sebos e cafeterias seriam meus lugares favoritos para visitar. Já fui em SP mas nunca cheguei a visitar outros lugares afinal sempre ia para cuidar de problemas de saúde. Espero ter a oportunidade de conhecer alguns desses lugares.

    Abraço,
    Parágrafo Cult ★

    ResponderExcluir
  21. São Paulo é incrível. Como eu amo essa cidade. Mas esses lugares que vc disse no post eu não tive a oportunidade de conhecer. Quero voltar a SP no ano que vem, e já salvei o post pra seguir as dicas porque parecem todos incríveis, né?

    Beijos
    Blog Modelando

    ResponderExcluir
  22. Oi, tudo bem?

    Achei as dicas bem legais. Os lugares são maravilhosos!

    Beijos
    Construindo Estante || Promoção de aniversário do blog

    ResponderExcluir
  23. Oi, Vanessa

    Lindas fotos e excelente postagem! Bom saber que todas são atrações gratuitas. SP é aqui do lado, mas nunca fui. Agora que meu melhor amigo se mudou pra lá irei em algum momento.
    Meu pai é Artista Plástico e sempre tive muito contato com artes, por isso acho que eu ia adorar especialmente a Fênix Galeria!!!

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  24. Oi, Vanessa!

    Eu não conheço São Paulo, só passei pela cidade com outros destinos... Adorei as dicas que você compartilhou aqui! Fiquei com vontade de conhecer cada cantinho!

    Abraços, Cris

    ResponderExcluir
  25. Oi Vanessa,

    É triste dizer que moro tão perto da capital e nunca conheci esses lugares.
    Tem tantas coisas que quero conhecer ainda dessa cidade incrível!
    Dica anotada!

    Bjs
    http://diarioelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  26. Olá querida! Que lindo o seu blog. Quantas fotos lindas também, fiquei encantada. Nunca fui a São Paulo, tenho vontade de conhecer. Tenho vontade também de andar na Avenida Paulista no domingo. Dizem que é bem legal. Já ouvi falar bastante do Beco do Batman também. AAh, amo tortas de morango.

    Parabéns pelo blog.
    Bjoos!

    https://canalcereja.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  27. Esses lugares são incríveis mesmo! Sempre que posso, vou visitá-los!

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  28. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  29. (comentando de novo porque deu um pequeno erro haha)
    Oi, Vanessa! Apesar de ter nascido e crescido em SP, de todos os lugares citados o único que já visitei foi o Museu da Língua Portuguesa (antes do incêndio). Foi uma experiência incrível e eu queria muito ter voltado para uma segunda visita :(
    Já vou salvar sua postagem para visitar todos esses lugares e conhecer mais da minha própria cidade haha ♥

    Estante Bibliográfica

    ResponderExcluir
  30. Além de musa dá dicas maravilhosas.
    Amei saber o que dá pra fazer eu quando vou a SP vou correndo queria passar uns dias e conhecer mais a cidade.
    Beijos
    https://www.pamlepletier.com

    ResponderExcluir
  31. Aproveitou bastante SP Vanessa!! Eu amo essa cidade enorme que tem um pouco de tudo para visitar, amo o centrão (luz, paulista, sé, republica) e amo os bairros boemios como pinheiros e a vila madalena!

    Um beijo,
    Blog da Kitbox

    ResponderExcluir
  32. Morro de vontade de conhecer de Embu!
    www.achatadebatom.com

    ResponderExcluir
  33. Sempre vou na Casa das Rosas quando estou passeando pela Paulista, ela é tão fofa né, não me canso dela
    Já anotei outras dicas do que fazer em sampa na próxima vez que eu for
    Beijos ♡ Blog | Instagram | Youtube

    ResponderExcluir
  34. Post completíssimo, aproveitou bastante 😍
    Esse ano eu fui em SP pela primeira vez, conheci Campos do Jordão! Espero em outras oportunidades conhecer a capital tbm!
    Bjs
    A Colecionadora de Histórias - Blog

    ResponderExcluir
  35. Bem, adorei e fiquei com vontade de ir JÁ JÁ! Mas Brasil um dia <3

    She Walks Blog
    Shewalksblog Instagram

    ResponderExcluir
  36. Oi Vanessa,
    Infelizmente, só fui em São Paulo uma vez. E foi a única vez que sai do Rio. haha
    E foi exatamente para uma aula da facul no Museu e tals. Só andei por ali mesmo.
    Mas amaria voltar e conhecer essas outras belezas. Principalmente o primeiro, pois amei suas fotos.

    até mais,
    Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  37. Que lugares incríveis que tu conheceu menina! Sou doida para conhecer o Beco do Batman, vejo cada foto linda por lá! S2 Aqui no RJ temos vários museus e sebos e cafeterias bacaninhas. Um que gosto muito é o Curto Café. De vez em quando temos uns festivais de café também, espalhados pela cidade. Um dos lugares que mais amo visitar é o Parque Lage, é um museu, com jardim e tem até piscina para o povo no verão.
    Bjks!

    Mundinho da Hanna

    ResponderExcluir
  38. Amo lugares culturais onde aprendemos e nos divertimos ao mesmo tempo. Não conhecia nenhum desses lugares, espero um dia conhecer todos.
    Beijocas.

    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
  39. Tantos lugares lindos e encantadores para conhecer em São Paulo eu amei tuas indicações!
    Beijos
    www.silalmeida.com

    ResponderExcluir
  40. Dicas ótimas Vanessa!!
    Eu sou de SP e tem muita coisa que eu ainda não tive oportunidade de conhecer. Morando longe ainda, fica mais difícil, por isso sempre adoro ver tb dicas de SP pq tem sempre alguma coisa bacana que eu desconheço do lugar em que nasci haha
    beijos
    :*

    ResponderExcluir
  41. Olá, Vanessa!
    Eu amei o post, acho incrível quando temos dicas de onde ir, parecem ser lugares muito gostosos de conhecer. Amei as dicas.

    Beijão!
    Lumusiando

    ResponderExcluir
  42. Que delícia poetizar a vida com você Vanessa! Dicas lindas, amei cada cantinho que você mostrou. Vontade de pegar um vôo agorinha pra Sampa!

    ResponderExcluir
  43. Amei cada lugar, o teu olhar para tudo que é comum é indescritível ... Quando eu morava em MG eu ficava falando que queria morar em Sp e conhecer tudo isso, dai me mudei para o interior, e no inicio eu dizia que todo fds iria (já que é perto) se passaram 2 anos e agora tenho filho ahahahahah não sei quando colocarei em pratica conhecer lugares legais de Sp! Beijão

    ResponderExcluir
  44. Um dos meus passatempos favoritos é ficar olhando fotos de viagem. Para mim, é inevitável imaginar quais as histórias, encontros e desencontros as pessoas que fotografaram viveram por ali, além de querer me teletransportar para o lugar e experimentar tudo com os meus próprios pés e olhos. Obrigada por esse presente! As fotos estão lindas, Amanda, e os relatos, riquíssimos. Arrasa ♥

    Sabrina Santiago | www.mocadecasa.com

    ResponderExcluir
  45. This vibrant city with many skyscrapers is a major tourist center in Brazil and is known for its museums, architecture, shopping, dining, and nightlife.
    Leland West Insurance

    ResponderExcluir
  46. Ah, como São Paulo é apaixonante!
    Quanta foto linda... até bateu saudade de SP!

    ResponderExcluir
  47. Lugares maravilhosos ❤❤❤ boas dicas flor beijokas www.estilopropriobysir.com

    ResponderExcluir
  48. Oi!

    Já fui em todos =D
    Eu amooo a Avenida Paulista e o Sesc, vou ao mirante quase toda semana =)

    Beijos!!!
    Beijos,Gábi
    Blog @gabrielaerIg: @gabrielaer

    ResponderExcluir
  49. This vibrant city with many skyscrapers is a major tourist center in Brazil and is known for its museums, architecture, shopping, dining, and nightlife.

    The Mens' Store

    ResponderExcluir

Obrigada por chegar até aqui para deixar a sua opinião. É fundamental para mim. O que dá sentido com ratificação para cada reflexão entre análises, dicas, informações e sentimentos aqui escritos são essas nossas trocas evolutivas de sensações e pitacos.

Não esqueça de acompanhar frases e outras indicações também pelo Instagram e de clicar em "notifique-me" abaixo do seu comentário para receber por e-mail a resposta dada.

Posts Recentes Mais Posts

MAIS DICAS: @VANESSABRUNT

Direitos Autorais

Todos os escritos aqui postados são de autoria da escritora, poetisa, jornalista e blogueira Vanessa Brunt. As crônicas, frases, poesias, análises e os demais diversos escritos, totais ou em fragmentos, podem ser compartilhados em quaisquer locais e sites (quando não para fins lucrativos: criação de produtos para vendas, entre outros), contanto que haja o devido direcionamento dos direitos autorais. Ademais, as imagens utilizadas no blog para as postagens não são, em sua maioria, feitas pela autora. Portanto, para qualquer problema envolvendo os créditos das fotos, basta entrar em contato e o caso será resolvido prontamente.