ÚLTIMAS INSPIRAÇÕES EM IMAGENS + DICA DE CANAL SOBRE VIDA FINANCEIRA

sexta-feira, setembro 23, 2016


  • Decoração (parte 1)
1. Com diversos novos projetos (e muito grata por isso), estou precisando reorganizar horários e reformular quesitos rotineiros. Está sendo uma delícia mesclar objetivos, prioridades e demais tópicos de forma que um não fira o outro, mas em meio aos processos, estou sentindo uma falta gigantesca de um momento mais "meditativo". Sempre sonhei em ter na minha casa dois espaços fundamentais: o do trabalho, onde ficaria o escritório  meu cantinho para escrever e produzir mais  e o "da reflexão", para onde eu iria com o notebook, com os livros e demais itens, para respirar inspirações em um contato ainda maior comigo e com as poesias em detalhes mais externos. Tudo isso veio em mente e acresceu em sensações ao ver essa primeira imagem. A varanda parece ter um jardim logo no fundo e é uma delícia de observar, captando possíveis momentos, releituras e emoções. E essa rede? Ai, além de tudo é ainda um espaço super inspirador para reunir amigos/familiares em um fim de tarde (ou qualquer outro momento). Já sinto que estou lá.

2. As chamadas de "camas de pallet" são inspirações enriquecedoras para aberturas de alas criativas e reaproveitamentos diversos. O minimalismo, que tem a ver com o "comprar menos e ter mais" e tantas noções de reciclagens que impulsionam autoconhecimento e criatividade, ganha diversos portões a partir da ideia. A tese é a de utilizar pallets de mesma altura em conjunções ou de adquirir um maior, feito para dar suporte a uma cama, e a partir disso 'brincar' com as possibilidades tão variadas. Além do incentivo para colocar objetos nos buracos, os tornando mais acessíveis, visíveis e afins, existem outras inspirações interessantes e uma infinidade de ideias a mais que podem surgir. Algumas pessoas pintam de acordo com a sua personalidade e a do ambiente, outras agregam lâmpadas dentro do pallet, outras criam "sofás-camas" de formas instigantes, algumas incrementam a mesa de cabeceira com pallets e/ou caixas semelhantes e assim por diante, com ainda a chance de tornar a cama mais alta. Além de todos os quesitos, as inspirações para buscar mais divisórias e as criar com os produtos que já aglomera no próprio espaço, ficam recheadas. Uma ideia bacana que pode ser a partir dessa atiçada é a de criar "palanques", fazendo do quarto, um cômodo mais elevado, e utilizando o resto do espaço com proximidade e "mais amplitude". É uma maneira bacana para economizar a aproveitar espaços menores. Inspirações que seguem tal linha estão indicadas aqui.

3. Apesar das "camas de pallet" (citadas acima) serem fontes bacanas de inspirações e abrirem mais portas para que reutilizemos diferentes itens, a minha visão para a futura casinha (moro com os meus pais ainda, mas sonho com o meu espaço sempre e já vou planejando) ganhou esse cenário de uma cama no chão. Os lençóis podem ganhar destaques incríveis e os aspectos minimalistas que nos instigam a criar ainda mais nos entornos, com maiores oportunidades para releituras internas, recebem estímulos. Aproveitar para preencher a parede que fica atrás da cama com artes, utilizar mais detalhes decorativos e úteis pelo chão (quadros, por exemplo) e criar novas mesas de cabeceiras a partir de detalhes diversos (como estantes quebradas e afins) são pontos de ideias. Não significa que tais atos não possam ser feitos com cabeceiras e suportes a mais, o caso é que com as camas no chão, as visões dos arredores podem receber somas e reaproveitamentos ainda não creditados.

4. Comer assistindo TV é algo que faço muito e que adoro praticar na sala. Vivo, portanto, colocando o prato, o copo e todos os detalhes do momento referido nos braços dos sofás. Já sujei? Já sujei. Já levei bronca? Já levei. E que delícia seria se uma mesinha estivesse lá como suporte para eliminar as chances dos meus destrambelhamentos ocorrerem. A ideia é super útil, preventiva e criativa (porque, principalmente, existem diversas formas de colocá-la em ação). Sou encantada pelas "mesinhas" que ficam basicamente embutidas no sofá, como é possível conferir aqui, mas sinto que os riscos são bem menores com uma mesinha de fato (clique aí para mais uma inspiração!). E existem outras ideias no mercado que são interessantes e multifuncionais, como a mesinha portátil para comer e ler, que está à venda no Mercado Livre. Outro ponto a se pensar é o dos notebooks, que esquentam quando utilizados nos braços dos sofás. Mesas de tal estilo, principalmente quando um pouco mais compridas, podem ser de grande ajuda para que a máquina não corra riscos de danificações. Uma inspiração a mais fica, portanto, indicada aqui.

5. Sou fissurada por grandes janelas de vidro que deixam uma vista ampla e sensação de grandiosa conexão com o ambiente, com as vidas, com o mundo, com as trocas evolutivas, ainda que das mais indiretas. É maravilhoso não precisar abrir as janelas em um dia de chuva ou extremo frio e, ainda assim, poder sentir o movimento da natureza, da sociedade e do local em geral, refletindo sobre tantos aspectos. Tenho no meu quarto um canto para o qual vou quando sinto que preciso de uma releitura interna e desejo ouvir músicas para o momento. Mas o local é externo e já aconteceu de chover e toda aquela mágica, quando mais precisei, ser bloqueada; então sonho com uma grande janela de vidro para amplificar as minhas bagagens, a minha escrita e tudo o que faz parte dos meus pacotes. "Ah, mas e a sua privacidade?", isso podemos ajeitar com cortinas, com vidros de tipos específicos – que sejam escuros na angulação exterior – e afins. A imagem indicada trouxe tantas dessas emoções que viso, não paro de navegar nas intensidades do que o aproveitamento de um ambiente assim pode trazer.

6. Sou apaixonada por móveis multifuncionais e fiquei encantada pela ideia da mesinha de centro que se aproxima e ainda tem a função de ser baú. Esse tipo de inspiração nos leva a observar possíveis utilidades para variados itens e a pensar em demais funções para um objeto semelhante. Então, mesmo não adquirindo uma mesa equivalente, as portas ficam abertas para pontos enriquecedores, como é a intenção de tudo o que emito aqui. Deixo, para finalizar, mais uma inspiração.

7. Caixotes e penduradores são formas incríveis de reaproveitar materiais e de valorizar o que se tem. A visibilidade das peças pode ser incrível para impulsionar demais usos, "remontagens" e mesclagens antes não imaginadas. Uma ideia bacana é a de que colocar peças diversas penduradas e, no momento de vestir as roupas (ou colocar outros detalhes), tentar utilizar "tudo de vez" até que encontre uma forma de misturar as peças (ainda que algumas sejam eliminadas), deixando uma boa sensação de conforto e mais criatividade alargada. De tal maneira, novas funções podem ser encontradas para um mesmo item, mostrando que ele pode ser "mais de um" e quebrando preconceitos e bloqueios.

8. Quem disse que uma gaveta quebrada precisa voltar para o armário ou para onde estava anteriormente? Existem diversas formas de recriar utilidades, sempre. Confira aqui mais algumas ideias estimulantes (estou apaixonada pela última!).

9. Primeiro: sou louca pelos "tijolinhos brancos", mesmo que eles sejam feitos de azulejos em determinado local. Enxergo neles a poesia da construção com clareza, do respeito ao que diz ser prioridade e significâncias imensamente inspiradoras. Isso é uma questão que pode inspirar a outras descobertas e fatores que apreciamos, além do instigar de metáforas a mais. Porém, o que realmente chamou a minha atenção no banheiro indicado na imagem, foi a ideia das "estantes" que, na verdade, é somente uma, feita como continuação da parede. Os riscos da quebra de uma estante colocada acabam e a unidade do feito deixa sentidos ainda mais grandiosos para visões poéticas.    


  • Decoração (parte 2)
1. Um objeto multifuncional super bacana que pode nos levar a encaixes de diferentes itens. Uma saída interessante para não perdemos certos objetos e para valorizarmos os que temos, soltamos mais criatividade em variadas utilizações. Eu, provavelmente, ao chegar exausta em casa, colocaria na parte do "buraquinho" os brincos, anéis e afins usados durante o dia. Estou, inclusive, buscando uma ideia de local para "jogar" esses objetos sem ficar à procura deles no dia seguinte, podendo os organizar após em um contato mais amplo e simples.

2. A ideia de pintar potes diversos para reutilizações é sempre bacana de rebobinar e enfatizar. As demonstrações podem remeter a lembretes como os das funcionalidades para as canecas, que também podem ficar incríveis como porta-lápis, local para guardar pincéis e outros tantos sentidos. O mais cativante é o fato de poder personalizar imensamente os desenhos, as cores e outros detalhes de tais objetos sem tamanhas dificuldades. Significâncias e utilidades passam a ganhar abraços.

3. Achei a ideia desses penduradores uma maravilha! Além de podermos pintar e personalizar de tantas maneiras, podemos criar os nossos próprios: com pregadores e alguns penduradores que podem ser feitos de maneiras diversas. É excelente a mesclagem entre lembretes e aquilo que já deixamos ali separadamente. Seja com mensagens de incentivo ou com alertas do que falta fazer, é uma forma de sair de casa com a mente mais focada e esclarecida.

4. Os significados que um galho pode agregar são diversos. "Lembre o motivo de ter começado." é uma das frases que mais sinto em firmeza nos sentidos possíveis. Noções de prioridades, de raiz, de encaminhamento, de esforço que busca não perder a essência enquanto faz e de demais afirmações, como as que martelam que liberdade é saber ao que se prende, surgem com as poesias de um formato assim. Fiz questão de encaixar aqui essa inspiração para firmar o fato de que tudo o que é decorativo pode ser utilitário e reflexivo, bastando desejar abrir olhos com alma (e não captem aqui como fixado somente no sentido religioso). Existem diversas maneiras de criar ou obter penduradores, de pegar o que já existe por perto e transformar, afinal, tudo é mais do que "preto no branco", a não ser o respeito e os sentimentos, como o amor.

5. Aquecedores/secadores de toalhas reduzem a proliferação de fungos e ácaros nas toalhas; evitam mau cheiro; deixam aquela sensação deleitosa de "toalha sempre quentinha"; costumam ter um baixo consumo de energia; desumidificam o ambiente e diminuem, obviamente, as lavagens das toalhas, proporcionando uma 'vida mais útil' para os tecidos, além de um consumo maior de água. Para quem tem condições de fazer o investimento em um toalheiro térmico (que, dependendo do tamanho, vai de 229 reais até 2.700, aproximadamente), é algo super válido e que acaba por ajudar na economia de muitos outros fatores. Geralmente os toalheiros térmicos podem ficar no banheiro, já que contam com projetos para que não deem choques, não queimem as mãos e evitem curto-circuitos.

6. Uma parede "tomada" por penduradores que podem servir de suportes para criações de estantes. Maneiras incríveis de observar mais do que tem e do que pode recriar. Um mar de aberturas de alas criativas e de tantos dos teores minimalistas, como já citei aqui em outros dos tópicos.

7. Como penso em morar um local "pequenino, porém aconchegante", busco inspirações para o aproveitamento do espaço. Uma das maneiras mais bacanas de "dividir" ambientes em um local sem divisórias é fazendo uso de palanques. Eles, além de darem tal suporte, podem conter gavetas e/ou divisórias embaixo que sirvam para guardar objetos que não caibam em outros cantos da casa. São inúmeras as assistências que os palanques podem trazer, além de servirem como uma maneira de conexão para com o ambiente, sem deixar de separar os âmbitos.

8. Fui super inspirada por cada detalha do referido quarto. Os penduradores, a cama "de chão" com lençol solto, o cesto para roupas sujas ou outros itens, a mesinha baixa e aparentemente não muito longa, com um tapete comprido logo abaixo e por aí vai. Muitas fontes para beber!

9. Sou apaixonada por cozinhas americanas e por todas as propostas que acabam por incluir. As noções de mais interatividade, de mais aproveitamentos, de maiores conexões para o ambiente, as pessoas, entre outros tópicos, ganham o meu coração. A imagem, portanto, já começou a me ganhar pelo tal viés. Contando com um quadro de frase proposto de forma singular, com uma porta (ou será janela?) de vidro e com essa sensação de natureza nos entornos, pronto. Não havia nada além de poesias para pensar (e em algum momento, há?). 


  • Estilo
Primeiramente desejo ratificar que não impulsiono a ideia de "tendências a serem seguidas" ou de diversos quesitos de padrões e "moda". Por isso mesmo, o nome da categoria é "Estilo". O que acho bacana nas tendências são as propostas que surgem com grande fulgor para que possamos testar e, consequentemente, descobrir mais dos nossos gostos, navegando em releituras internas para além, em autoconhecimento. Nada disso significa que tudo o que surge em ascensão deve ser utilizado ou que o que acaba por "sumir da moda atual" deve ser "deixado de lado". Pelo contrário, a sustentação ou o abandono de cada aderência deve partir das sensações próprias, do que mescla com o bem-estar e com a identidade que sente captar. Sei que tudo isso pode parecer imensamente clichê, mas é preciso assentar.

Cada uma das peças indicadas aqui, portanto, serve como inspiração para que testemos, encontremos mais de nós em cada minúcia (enxergando metáforas possíveis e reflexões em cada detalhamento) e para que usemos enquanto nos representar e engrandecer. Nada é por futilidade quando se sabe manter boas prioridades e enxergar para além do literal, como sempre ratifico. O que viso ao indicar qualquer produto dentro desta temática é o conforto, os significados dos entornos (mensagens) e outros tantos pontos que são úteis para mente, corpo e coração em somas.

1. Calças não costumam fazer bem para as áreas íntimas: esquentam, apertam, possibilitam mais chances de infecções, entre outros pontos negativos. Mas a calça jogging chega como uma opção mais saudável. Além de, geralmente, ser feita com tecidos mais refrescantes, o estilo da calça é mais "desprendido do corpo", dando maior respiro para as áreas íntimas e menos probabilidade de sensações de apertos (nos mais diversos sentidos). Todas essas questões de conforto e saúde, fazem com que o meu encanto pelo formato seja gigantesco. E existem diversas inspirações bacanas que impulsionam a utilização da calça para díspares ocasiões. Já utilizei algumas vezes para reuniões e outras tantas para "saídas mais leves" e "despojadas". Tudo depende dos incrementos e casamentos.

2. Estou desejando demais um par de sapatos oxford. Já ouvi inúmeros elogios sobre o conforto que trazem (obviamente, dependendo de onde foram adquiridos) e fiquei babando ao buscar algumas inspirações. Como a minha rotina é corrida e vivo na rua, de um lugar para outro sem muitas previsões, ter um sapato fechado é fundamental para a minha maior segurança e aconchego. Os saltos nada gigantescos e com sutilezas diversas nos estilos de um oxford, permitem ainda mais essas noções (em relação ao receio de pisar em algo cortante, por exemplo). Uma inspiração de cor lisa dentro do estilo que tanto passei a admirar, fica disponível aqui.

3. Ao longo dos anos fui perdendo vários pijamas e roupas soltas "de ficar dentro de casa" (o que não é regra, já que é algo super interessante a tentativa de usar peças assim para sair também, quando causam conforto e segurança). Esses dias, em um frio intenso, fiquei desejando um moletom e um edredom e tudo o que encontrava no armário eram calças para sair e blusas de manga com detalhes que não gerariam a sensação de aninho que eu estava buscando. Estou caçando agora esse tipo de acolhimento a partir do que fui perdendo por não valorizar da maneira necessária.

4. Ai, como adoro anéis de falange, anéis. Tantos dos meus carregam lembranças, valores sentimentais e/ou significados que viso a partir dos formatos que têm. Brincar com tais sentidos que enxergo a partir dos locais onde os coloco nos dedos é também uma forma de aprofundar reflexões. Por isso, sou apaixonada por diversos tamanhos, cores e tipos de anéis. A imagem pode não representar exatamente um aglomerado de significâncias fortes, mas representa o recheio que fico sorrindo ao cometer.

5. "Chapéu Coco" é o meu estilo de chapéu favorito, mesmo não tendo nenhum. As abas para cima, dando uma ideia que afirma "Não vou fazer o papel como os outros dizem que devo fazer, mas vou fazer bem o papel que planejo e prometo.", remetendo a sentidos de frases como "Quando eu desistir, tenha a certeza de que apenas cheguei ao ponto em que parei de procurar, mas ainda estou com a lupa no bolso.", trazem um enlaçado de boas reflexões possíveis em agigantadas entrelinhas.

6. É bastante nítido o quanto sou muito mais "do frio" do que "do calor", não é? É claro que adoro uma praia, que sinto falta do sol em certos momentos e que aprecio a natureza em uma conjunções e complementos; mas as sensações de conexões, de uniões, de acolhimentos, abrigos, zelos e agasalhos (nas suas mais diversas semânticas) que o frio deixa, fazem poesias ainda maiores para mim. Costumam fazer. Então tenho esse carinho por diversos teores que fazem referências a esse período e/ou temperatura. Tenho um grande apreço por trench coats e já citei algumas reflexões sobre isso em certas postagens. O fato é que o casaco indicado trouxe basicamente todas essas sensações bacanas que penso e beijo nos tempos de frio. Só de olhar para o tecido, para o formato que, em mim, ficaria relativamente alongado (o que é uma delícia! Imagino-me abraçando o próprio resto do casado em tempos de frio), e para todos os detalhamentos de "cores coringas" dentro do que viso como basilar, já sinto um aconchego deleitoso.

7. Cama, chá, Flocos e pouca pressa. Tudo isso, reunido, traz bons significados para o lembrete de não manter estresse e muito menos atirá-lo para os lados em meio aos (de)correres do dia a dia. A imagem traz para mim, poeticamente, muito do meu poema do sábio. Mas o que ela mais trouxe de inspiração, além de todas essas sensações interessantes, foi algo mais singelo: as meias. Reparei que só tenho meias soquetes e brancas no armário e, nos dias menos calorentos, estou com uma grande vontade de ousar mais nesse aspecto. Além do possível conforto e de uma maior segurança que uma meia pode trazer, os sentidos das cores e outros tantos detalhes podem ganhar alastros a partir dela. Um oxford preto com uma meia preta curtinha, por exemplo, pode ganhar certas equiparações com uma bota.

8. Surtei com o maiô! Queria ter encontrado esse mesmo estilo em alguma imagem de corpo "mais fora do padrão", porque o que consegui visar a partir da inspiração foi justamente algo super cabível para desenhos diversos. Obviamente, tudo é cabível para todos, contanto que haja uma boa sensação em quem está usufruindo, mas existem detalhes bacanas que nos levam, ainda mais, a essa enfatização e destaque. Sou muito fã-louca-apaixonada-quero-autógrafo de roupas que são "cintura alta". É uma forma bacana de desenhar o próprio corpo, de aproveitar o que se tem e, simultaneamente, de "organizar" o que sentir que não "está no lugar correto" (alguma gordurinha, por exemplo: e não significa que você deve esconder nada e muito menos buscar mais encaixes dentro do tosco padrão social; é apenas uma opção para distribuir melhor o que achar que deve). Resumindo, o maiô, além de ser cintura alta, ainda tem as segmentações que impulsionam tais teses. Interessante para valorizar mais de si em atos de descobertas.

9. Sempre fui de usar muitas pulseiras, mas estou em uma fase em que reparo que usar um detalhe simples sem muitos entornos, pode acabar fazendo-o ser ainda mais forte. Afinal, o mais fundo fica sempre na superfície. E isso é válido para relações diversas. Aquele nó daquela pulseira pode ser muito nítido, captado, significativo, estando ali "sozinho"; então é em tais testes que estou morando.


  • Viagens (em diversos sentidos)
Poderia destrinchar as poesias que capto em cada uma das imagens, como no caso da grandeza representativa de flores em frente a uma janela, talvez sendo algo de maior simbologia do que flores em frente a uma porta. Poderia falar das sensações que cada um desses cliques deixou em mim, do meu desejo de ir até Veneza, do meu encanto por árvores semelhantes a ipês, da minha saudade de refletir em longas viagens feitas de carro (que tanto reconectam pessoas), do meu sonho de tocar na neve e do meu apreço pelas representações que a chuva carrega, deixando sentidos ainda mais incríveis após passar, largando as suas cicatrizes em pisos molhados que ensinam talvez mais. Poderia falar sobre o quanto fico encarando cada uma das entrelinhas que essas imagens carregam e pensando nas histórias ocorridas em cada um desses cantos. Penso nas lições obtidas, nos caminhos cruzados, nas poesias feitas e nos momentos mágicos pisados pela falta de valorização, de detalhamento, de intensidade, de visão ao redor. Poderia. Mas, no fim das contas, o mais interessante é poder encaixar as próprias bagagens a esses sentidos que dará.


  • Mistura final
Para findar, uma mesclagem de várias das temáticas. Começamos com organizadores, que nos dão suportes incríveis para aproveitar mais do que temos (visualizando melhor, repaginando e afins) e acabam por desenlaçar diversas das noções minimalistas. Vamos, após, para mais inspirações que podem remeter ao minimalismo, como um espelho não estático, o qual pode acabar indo para diversos cantos, inspirando novos olhares e ideias. Em terceiro lugar temos uma incrível imagem que impulsiona desejos de viagens, de explorar o mundo, de ratificar o quanto ele repleto de minúcias para oportunidades (quando nunca negamos novos meios de preparações, afinal, sorte é mistura de oportunidade e preparação e não somente de acontecimentos soltos) e de lembrar que coisas incríveis estão sempre ao nosso redor, não precisando sair do país para viver descobertas sensacionais (por que não turistar na própria cidade?). Seguimos com a minha saudade por séries, com uma imagem que também agrega boas críticas sociais e vamos então para uma das fotos mais poéticas de todo o último compilado. A quinta imagem traz para mim muitas das ideias do poema "Mal bendito". E navegamos por lugares e sensações incríveis para o desfecho que não é final em reflexões. Dentre as últimas imagens, contamos com a de uma cafeteria (site oficial dela) fascinante, recheada de significâncias e entrelinhas. Veja mais imagens da cafeteria aqui.

Créditos: Todas as imagens desta postagem foram retiradas do Pinterest. A terceira do bloco final é a única exceção, sendo ela do Instagram da @emilyblincoe.

+ Confira indicações de perfis do Instagram que são poéticos, reflexivos, com variedades de bases temáticas e com recheios de somas entre si: clicando aqui e aqui.

Lembrando que nenhuma inspiração aqui inclusa tem a proposta de ser seguida de forma literal/igual e, muito menos, de impulsionar noções dos absurdos "padrões" impostos por parte da sociedade. Nenhuma das propostas foi visada como interessante por "ser tendência" ou quaisquer percepções rasas semelhantes (como já dito na parte de "Estilo", acima). As ideias desenleadas, como já esclarecido, visam reflexões críticas e buscas a releituras internas.


Já que muitas abordagens sobre minimalismo foram agregadas aqui no decorrer e como na postagem anterior as temáticas giraram em torno do capitalismo consciente, não poderia deixar que a finalização, de fato, deste nosso compilado, não integrasse a última descoberta super bacana que alcancei. O canal "Me Poupe!", da Nathalia Arcuri, aborda diversas dicas e esclarecimentos sobre finanças pessoais, economia simplificada, consumo consciente (opa!) e enriquecimento lícito. Além dos pontos agregados no espaço, ainda existem séries de postagens como o "Vale ou não vale?" no blog do "Me Poupe!". No segmento, a Nathalia destrincha sobre brechós e outros locais de compras, citando as suas experiências e de outras pessoas e dando dicas sobre como economizar ainda mais em espaços semelhantes (impulsionando o fato de que "comprar menos, é ter mais").

Em alguns momentos, as indicações emitidas nos vídeos podem parecer clichês, mas na totalidade acabam recebendo novas singularidades, incentivando demais visões e ganhando ratificações com cargas de novos sentidos. O canal é enriquecedor e, obviamente, serve para inspiração, não precisando ser seguido à risca, mas servindo de meio para autoconhecimento, novas experiências e testes que podem mergulhar em outros âmbitos dos caminhos.

E então, já conhecia o canal "Me Poupe!"? Tem alguma reflexão a mais sobre capitalismo consciente e/ou minimalismo para incluir? O que sentiu em relação as imagens? Acrescentaria visões sobre as ideias abordadas? Não deixe de lançar as suas dicas e opiniões nos comentários.

LEIA TAMBÉM:

45 COMENTÁRIOS

  1. Gente, que imagens fofas, particularmente adorei as inspirações para decoração! E esses lugares fotografados, meee, como eu queria visitar esses lugares <3 são linos! Seu post ficou muito divo, parabéns!

    http://www.leitorasvorazes.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Que postagem mais completa e mais perfeita!
    As imagens selecionadas como inspirações são lindas, principalmente as de viagem que me trouxeram muitas lembranças.
    Gostei muito do vídeo também, em épocas de crise é sempre bom!
    Beijos
    BlogCarolNM
    FanPage

    ResponderExcluir
  3. Me perco sorrindo nesse blog com tanta lindeza, tanto carinho, tanto amor! <3

    xx,

    Mani Piñeiro
    Instagram
    Snap: @manipineiro

    ResponderExcluir
  4. Como sempre você com seus textões cheios de bom conteúdo, adoro esta abordagem um pouco profunda de cada pequeno item. Na área de decoração adorei a ideia de colocar a cama diretamente no chão(mesmo que eu ache que para mim não daria nada certo), imagino também minha casinha com uma graande janelona linda virada para uma parede de tijolinho em branquinhos, ai que sonho. Quanto à sessão de estilo, eu também adoro os anéis de falange, e estou doida por um sapato oxford(preto, simples, clássico, de preferência). E você acredita que estou há semanas tentando comprar um chapeu coco e meu tamanho é o unico que esta em falta :( estou arrasada. Ah, so para terminar, como a vida é cheia de coincidencias... Ontem mesmo conheci o canal da Nathalia, através de um video do Receitas de Minuto, adorei ela!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Eu amei as inspirações e suas diquinhas tbm, vou pratica-lás♥
    Um bjo lindona♥
    Blog Rafaelle Venttura♥

    ResponderExcluir
  6. Nossa, adorei as inspirações, a 1ª e a 5ª foto la de cima era tudo o que queria agora!
    www.byanak.com.br

    ResponderExcluir
  7. Suas publicações são inspiradoras..
    Eu amei a vista da janela da 5ª foto da parte 1
    Sou louca para ter um janelão com uma vista linda para relaxar e me inspirar.

    ResponderExcluir
  8. Uaaau, que demais a forma que abordou esse post, nunca tinha visto nada igual! Me cativou demais. Inspirações lindas, tbm sempre sonhei com um cantinho pro trabalho e outro pra colocar as ideias em ordem. As de viagem <3 um sonho! Inspira demais.
    Eu não conhecia o canal, mas já adorei, pois estou em um momento em que as finanças e organização financeira estão em primeiro lugar.
    Bjuxx
    www.taayvargas.com

    ResponderExcluir
  9. o 3 da parte 1 tá demais, já quero fazer no meu quarto. Queria muito fazer o 2 da parte 2. Amei todas as fotos de viagens e mistura final.


    Beijos,
    Blog Gaby DahmerFanpageInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  10. Gostei bastante do texto! Valeu :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também, Ale! Adorei! Já sei como decorar meu cantinho.
      Excelentes dicas!

      Excluir
  11. Que incrível! Voce tem uma sensibilidade sem igual e sempre nos leva a pensar de maneiras super profundas. Fui inspirada por cada detalhe e estou amando o canal Me Poupe, a indicação veio em uma hora que preciso muito e ja está ajudando em novas ideias. Obrigada por sempre trazer tanta reflexão com dicas como nenhum outro espaço.

    ResponderExcluir
  12. Estou aqui babando, todas as inspirações são incríveis. Sua postagem, como sempre, super completa! Fiquei babando pelas decorações <3

    Beijos, Love is Colorful

    ResponderExcluir
  13. Amei essa ideia de camas de pallet, além de não gastar com cama, dá pra investir em um super colchão confortável ao invés da estrutura da cama né? Nossa, essa mesinha pro sofá seria meu sonho (?) SIM! Facilitaria a minha vida, porque toda vez que to vendo alguma coisa no Netflix, pego alguma coisa pra comer e normalmente é torrada com alguma coisa (na maioria das vezez Nutella) aí nunca tenho onde colocar o copo de água/suco/mate, hahaha! Se eu confessar que quase peguei os caixotes da feira que tem toda quarta e domingo aqui perto de casa, você vai acreditar? Hahahaha! Amei a ideia das gavetas, já tive uma ideia aqui de colocar ela como estante. Também adoro essa decoração de tijolinhos e adoro cozinha americana, com aquela bancadinha prática né? Adoro! Ah, eu também só falo de produtos/roupas que me agradam, se tiver em alta/tendência, ótimo, mas gostei primeiro, hahahaha! Gosto dessa calça no estilo jogging, porque é confortável <3 tem coisa melhor do que ficar confortável? Desde quando os oxfords voltaram, eu fico tentada em comprar, mas não sei se vai muito com o meu estilo. Eu nem me preocupo em comprar um pijama quentinho, porque sei que aqui no Rio é raro o frio permanecer, ele até pode vim, mas fica poucos dias. AMO ANÉIS! Tenho uma pasta no Pinterest só pra dar "pin" nos acessórios, hahaha! Tá aí outra coisa que acho que não combina comigo ou com meu estilo, chapéu, mesmo nesse estilo "chapéu Coco", não me curto muito com chapéu. Ah, eu prefiro mais o calor, porque quando chega o frio aqui, não tenho roupa pra vestir e fico parecendo uma mendiga, hahaha! É, de meias eu só tenho aquelas pequenininhas, porque uso mais tênis, aí agora que comecei a comprar umas meias mais quentinhas com desenhos que eu acho na Forever 21 por 5,90 <3 hahaha! Uau! Que maiô lindo! Já quero!!! Ele "esconde" e ao mesmo tempo não esconde, amei demais ele! Onde salvo pra poder procurar por aí e comprar um pra mim? Sério, amei! Também adoro pulseiras! Meu primo vende uma parecida na lojinha online dele (essa: http://www.bee-ju.com.br/pd-2df321-prego.html?ct=&p=1&s=1). O melhor de viajar é poder conhecer outro lugar e absorver toda a cultura desse lugar, fora que é ótimo pra esquecer dos problemas e se encher de energias positivas né? Adorei o vídeo da Nath! Isso de criar metas, ajuda bastante! Já testei uma vez e deu certo, não sei por quê parei, deve ser porque esqueci mesmo. Gostei dessa ideia do desconto, mas morro de vergonha, hahaha! Isso do desperdício é verdade, evitar ao máximo. Agora eu penso antes de comprar, penso "Vou usar quando? Como? Pra ir pra onde?". Isso de pesquisar o preço antes de comprar, é o que eu mais faço, hahaha! Eu to louca pra vender um macacão que tenho aqui que nunca usei, mas nunca achei ninguém pra vender. Já me inscrevi no canal dela, adorei!

    Beijos!
    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oi Van!

    Adorei as fotos de decoração, também gosto muito de cozinhas americanas. E detesto usar calças, só uso no frio mesmo porque no verão eu uso vestidos, que eu adoro <3

    Excelente post como sempre!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  15. Guria que post bapho é esse! AAAAMEI, SUPER COMPLETO.
    Você é cheia de talentos mesmo eimmm <3
    Parabéns, amei cada detalhe.
    www.esteticando-se.com

    ResponderExcluir
  16. Nossa, super amei o post <3 MUIIIITO completo! Bjss
    www.falacah.com

    ResponderExcluir
  17. Oi Vanessa. Tudo bem?
    Temos inspirações bem parecidas. Gostei muito das escolhas <3

    Blog.
    Facebook.

    ResponderExcluir
  18. Amei as inspirações.
    Queria muito aquela mesa multifuncional para notebook.
    Esse maiô strappy bra está fazendo o maior sucesso na internet, ontem minha amiga me mandou a foto procurando algum lugar pra comprar.

    Beijos

    camilatuan.com

    ResponderExcluir
  19. Oi Vanessa! Bem mesmo que eu estava sentindo falta da sua presença por aqui. Mesmo eu, pessoalmente, também estando bastante ousada com o trabalho, perdi as contas de quantas vezes abri seu blog para ver se tinha alguma coisa nova, hehe. Li logo após sua postagem, mas só agora consegui parar para conhecer com mais detalhes o que você indicou e comentar um pouquinho sobre o que eu achei. :)
    Primeiro, fico muito feliz por você estar com diversos novos projetos. É muito bom, né? Eu estou mudando algumas coisas na minha carreira (sou engenheira de produção) e estou com muito ânimo também. É um privilégio ocupar o tempo com aquilo que nos faz bem.
    Decoração é um tema que me interessa cada dia mais, e eu busco muito uma utilidade para tudo que entra aqui em casa. É muito legal que você já tenha uma ideia de como quer as coisas na sua futura casa, porque, mesmo que os gostos possam mudar, sua essência pede algo específico e esse detalhe facilita muito na hora necessária. E é sensacional montarmos aos poucos nosso lugarzinho!
    Adorei sua colocação na parte de estilo. Eu nunca fui muito atenta a tendências e modas. Sendo bem sincera, esse é o período da vida em que eu mais leio sobre isso, muito pelo fato de que, tendo um blog, acabei estabelecendo uma relação mais próxima de blogueiras que focam muito no aspecto fashion. Tem coisas que nunca vão combinar comigo, então eu olho para isso com cuidado. Porém, as calças jogging que você mencionou estão me trazendo muita alegria. Quando eu morei no Canadá, criei gosto por elas, pois via todas as meninas usando no inverno pesado (pois permitem que se use uma térmica por baixo sem ficar aparente ou desconfortável). Mas acredita que, ainda em 2014, quando usei aqui para ir em uma aula na faculdade, uma professora comentou sobre isso durante a aula? E eu tenho o problema de me incomodar com o que me é dito... Enfim, pensando nisso, eu adoro que a "tendência" atual, que interpreto mais ou menos assim: use o que faz com que você se sinta bem. E, para mim, está muito relacionada ao conforto. Deu daqueles dias quentes com calça skinny e temendo uma infecção urinária, hehehe.
    E, guria, que vontade de viajar! Sempre que vejo fotos de qualquer lugar bonito, me imagino podendo ir para tal lugar e penso na vida.
    Por fim, adorei a indicação do canal Me Poupe! Você sabe que eu adoro falar abertamente sobre assuntos com dinheiro, e acredito que, quanto mais falarmos e quanto mais quisermos aprender a melhorar nesse aspecto, mais leves seremos. É impressionante como nossa saúde e estado de espírito são afetados pelo aspecto financeiro. Vou, certamente, me aprofundar no trabalho da Nathalia.
    Sempre fico muito feliz por te conhecer mais a partir dessas reflexões sobre as coisas mais simples do dia a dia. Você é incrível!
    Beijos,
    Bru
    Blog Moderando

    ResponderExcluir
  20. qt ideia de decor LINDA! eu to adorando caixotes e pallets !

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  21. Amei as inspirações.
    Achei essas decorações muito lindas.
    Beijos, Aline
    Verso Aleatório

    ResponderExcluir
  22. Suas inspirações são tão aconchegantes, transmite uma paz, fui lendo e vendo e imaginando o perfil de pessoa que deveria ter composto elas. Gostei da temática do vídeo que indicou, minha vida financeira é um problema pra mim hahaha
    Vou assistir no final quando tiver mais tempo
    Beijos

    http://www.cherryacessorioseafins.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Quantas fotos inspiradoras!!
    Eu também sempre como vendo tv no sofá, achei incrível essa suporte para colocar pratos e copos! Eu também quero um oxford, até tenho um, mas é um estilo de sapato tão lindo que ter mais um nunca é demais :)

    https://heyimwiththeband.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Quanta coisa linda num post só Vanessa! Curti demais as ideias de decoração ~ especialmente aquela gaveta-mesinha de cabeceira e a parede de penduradores!!!

    ResponderExcluir
  25. Oiee!!
    Quantas fotos lindas e inspiradoras! Eu gosto de escrever histórias, e só de olhar para algumas dessas paisagens já me deu aqui algumas ideias rsrs Bjss,

    www.estranhoscomoeu.com

    ResponderExcluir
  26. Van, e todas as imagens de decoração estão justamente no clima que eu ando amando: coisas mais simples, clean, sem muita informação e muito aconchego. A paleta de cores suave e sóbria, detalhes apenas coloridos.. é lindo <3

    e ja vou conferir o canal me poupe. não conhecia e já amei a proposta!!

    beeeijo :*

    ResponderExcluir
  27. Fico muito feliz que você esteja cheia de projetos e feliz com eles. A melhor coisa é quando vamos encontrando propósitos que nos representam, né?
    Você tá que nem eu, a louca das inspirações de casa HAHAHAH. Também tô muito animada pra conquistar minha independência e ter meu cantinho, e essas fotos ajudam bastante a ter uma noção do que queremos, né?
    Fiquei desejando muito essa mesinha pro sofá, porque sou que nem você: amo comer vendo TV e já levei bronca por fazer bagunça por causa disso. E essa mesinha de centro que também é um bauzinho? Muito amor! Também penso bastante em utilizar esses caixotinhos. São grátis e ficam lindos quando personalizados :3 Sobre ser apaixonada por tijolinhos brancos: bate aqui, também sou o/
    Esses potes pintados também tem um lugar bem grande no meu coração. Principalmente na cor cobre!
    Adorei o seu comentário sobre seguir tendências. A minha opinião bate com a sua!
    Sobre sonhar com a neve: a saudade do que nunca vimos é fortíssima.
    Vou olhar agora esse canal que você indicou. Afinal, pra realizar nossos sonhos precisamos de dinheiro, e a gente tem que aprender a lidar com ele.
    Beijos!

    claramenteinsana.com

    ResponderExcluir
  28. ADOREI as inspirações de decoração. Hoje em dia moro de aluguel, mas se tudo der certo ano que vem eu e meu namorado nos mudamos pro nosso apê. Pode ser difícil porque vamos poder comprar algo pequeno, mas espero conseguir fazer de tudo pra deixar tudo do meu jeitinho <3
    A ideia do palanque é realmente maravilhosa, principalmente para espaços pequenos e os peduradores com prendedor na ponta, estou precisando de um na minha vida, sabe o que eu pensei em fazer? Colocar uns 5 e colocar no prendedor por o dia da semana ou a ocasião em que você pretende usa-lo. A gente arruma tudo no domingo, de acordo com a previsão do tempo e vai economizar muito tempo na hora de se arrumar!

    Teu blog é incrível! Um super beijo da Carol do blog Pink is not Rose

    ResponderExcluir
  29. Quantas fotos e ideias inspiradoras. Adorei o seu estilo de decoracao. O meu e bem parecido. Mas o que eu mais me identifiquei foram as viagens. Quantos sonhos e lugares que a gente quer conhecer.. e tbm tem aquela saudade do que ficou pra tras.. Nostalgia do que passou e as vezes ate de um sonho nao e? Bjs

    www.deboradahl.com

    ResponderExcluir
  30. Olá,
    Primeiro, eu adorei as imagens e seus comentários sobre elas. Sou uma pessoa extremamente econômica, não poderia deixar de ver a dica dessa outra moça, sou uma mestre em poupar dinheiro, comparar preços e economizar, hahaha.
    Beijos.
    Nasci Gabriela - www.nascigabriela.com.br

    ResponderExcluir
  31. Já conhecia o me poupe e pego várias dicas. Economizar não é algo fácil, pois o mundo nos estimula a consumir dia e noite, por isso é bom buscar inspirações para seguir na linha e conseguir conquistar o que queremos de verdade. Quanto a organização pessoal sigo a Fran do Morando Sozinha. Muito legal também!

    Beijinhos!
    http://barbaradoblog.com/

    ResponderExcluir
  32. As suas postagem é super completas amei todas as dicas amo esse blog,
    tenha uma semana abençoada, obrigado pela visita.
    Blog: https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderExcluir
  33. Oi Vanessa *-*

    não conhecia o estilo de cama pallet. Achei bem parecido com futton, mas acho que a estrutura é diferente, né? Se bem que numa coisa concordamos: Dá uma cara de aconchego muito grande esse tipo de móvel, seja pra dormir mesmo, pra matar o tempo ou produzir algo.
    Percebi que você gosta de ambientes mais clean, o que também muito me apetece. E as janelas? A profundidade que elas dão é incrível! Além da possibilidade de conexão com outro lugar sem sair de dentro de casa. Acho que se tivesse uma casa só minha ela seria repleta de vidros em todos os lugares HAHAHA (pena que esse luxo soa meio caro).

    Também adoron aneis de falange. Uma pena que tenho dedineos gordos e nunca encontro nenhum que caiba D:

    beijo
    beinghellz.com

    ResponderExcluir
  34. Vaneeee, estou in love com esse post mulher! Temos inspirações parecidas, todos os correlacionados e tudo clean é de encher os olhos! A pegada minimalista também é algo que me encanta muito e estou tentado inseri-lá no meu dia-a-dia.
    Super curto posts sobre educação financeira e muito obrigada pela dica *-*

    Beijão!

    ResponderExcluir
  35. Que imagens lindas, adoro esses posts com imagens maravilhosas pra gente se inspirar, fico horas vendo coisas no pinterest, principalmente quando o assunto é decoração *-*

    beijinhos ;**

    http://thatgingergirl.com.br

    ResponderExcluir
  36. Que post maravilhoso,amo decoração e amei as inspirações que você trouxe. Realmente um post super completo, parabéns!

    Beijos.
    https://garotascomovoceoficial.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  37. Ótimo post Vanessa, super completo!! Eu estou doida por moveis de pallet, já tenho um criado mudo e queria fazer minha cama assim também <3 É tão prático e fica lindo na decoração né

    Beijão,
    Quase Mineira

    ResponderExcluir
  38. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  39. Olá amorzinha!
    Precisei vir comentar porque além de eu amar me inspirar, estou completamente apaixonada pelo seu blog! Tão bonito e muito bem feito, completo e ahhhh apaixonante! Com certeza virei fã e te desejo muito sucesso. Grande beijo.

    http://Takahashi Tips/

    ResponderExcluir
  40. Quantas inspirações, Vanessa! Também sonho em ter o meu cantinho o meu cantinho e quando vejo posts com inspirações para o lar fico imaginando maneiras de organizar meu futuro cantinho. Não li tudo (sorry!) pois priorizei as inspirações que me interessavam. O que eu mais gostei foram as janelas enormes com vista para poder ver a chuva, as nuvens do céu, a lua, as estrelas... É como se em um ambiente assim os pensamentos tivessem espaço para se expandir. Um lugar completamente inspirador por causa de janelas assim. =)
    Muito obrigada por sua visita lá no meu cantinho. ^^
    Beijinhos ♥

    Contadora de Histórias

    ResponderExcluir
  41. Boa tarde linda!

    O artigo ficou show. Amei as 5 dicas de finanças.

    Tchau

    ResponderExcluir
  42. Olá Vanessa, também sou dessas que ama comer no sofá assistindo TV rsrs aliás até no meu quarto e na cama gosto de fazer isso, é um conforto tão grande né? Achei essa mesinha fantástica e muito prática para o braço do sofá, amei! Aqui em casa eu tenho uma mesinha portátil pra notebook, mas é ótima também para esses momentos de comilança no sofá rsrs

    bjus

    Ari ♥
    www.devoltaaoretro.com.br

    ResponderExcluir

Obrigada por chegar até aqui para deixar a sua opinião. É fundamental para mim. O que dá sentido com ratificação para cada reflexão entre análises, dicas, informações e sentimentos aqui escritos são essas nossas trocas evolutivas de sensações e pitacos.

Não esqueça de clicar em "notifique-me" abaixo do seu comentário para receber por e-mail a resposta dada.

Posts Recentes Mais Posts

TRANSBORDOU NESTES?

Direitos Autorais

Todos os escritos aqui postados são de autoria da escritora, poetisa, compositora e blogueira Vanessa Brunt. As crônicas, frases, poesias, análises e os demais diversos escritos, totais ou em fragmentos, podem ser compartilhados em quaisquer locais e sites (quando não para fins lucrativos: criação de produtos para vendas, entre outros), contanto que haja o devido direcionamento dos direitos autorais. Ademais, as imagens utilizadas no blog para as postagens não são, em sua maioria, feitas pela autora. Portanto, para qualquer problema envolvendo os créditos das fotos, basta entrar em contato e o caso será resolvido prontamente.