DICAS E INSPIRAÇÕES: FOTOS DENTRO DE CASA

terça-feira, novembro 17, 2015


Sempre necessito ter, ao menos uma vez por mês (o que já acho pouquíssimo), um dia inteiro para que eu possa pausar a vida em casa: devorando séries, livros, músicas e filmes. Mas, no intervalo entre uma leitura e outra, acabo mesmo é dançando pelo quarto e fazendo experiências, do tipo: inventando sobremesas, penteados, novas combinações de roupas e maquiagens, entre outros. E tem muita gente, incluindo homens, criando ideias mirabolantes nesses tempos intercalados também, viu? Inclusive comidas deliciosas!

O fato é que acaba dando vontade, em alguns casos, de tirar fotos! Simplesmente acontece. Às vezes para registrar aquele penteado milagroso que acho que jamais vou conseguir fazer igual, às vezes porque gostei mais de mim e quero guardar a minha cara em algo estático para lembrar que a autoestima depende mais de como nos olhamos do que como o mundo costuma olhar - e por aí vai. Porém, sei que não só nesses momentos ocorrem o tal desejo de fotografar.

Quando um amigo que pouco nos visita, quando nosso animal de estimação faz algo incrível... São inúmeras as situações, dentro de casa, que "chamam" nossas câmeras para fazer vídeos e fotos. O mais legal de tirar fotos em um espaço tão nosso é que existem poses que jamais faríamos em um local público e que testamos no nosso cantinho, além da repetição de tentativas que desistimos com mais facilidade na rua. Então, pensando em tantos dos pontos positivos, separei algumas dicas e inspirações para esses instantes de "registros caseiros"!

Algumas dicas para fotografar dentro de casa são:


[ATUALIZAÇÃO 1] Faça do seu corpo e rosto uma tela para a criação de uma obra de arteTinta, hidrocor, glitter... existe uma vasta gama de ferramentas que podem ser utilizadas para expressar metáforas em artes imagéticas – e poéticas –. Veja seu corpo como tela e sua mão como a alma de artista que vive em você. Pense em pinturas, ilustrações, clipes musicais repletos de imagens simbólicas e faça do seu corpo 'a obra de arte'.

Teste a brincadeira artística de pintar o próprio corpo, risque-se, 'suje-se' e observe o quanto essas expressões podem limpar a alma e passar a verdade que você tanto busca e que, certas vezes, nem uma boa luz pode emitir. Para aglomerar inspirações, é bacana devorar
 ilustrações diversas e clipes repletos de analogias. Aqui no blog já indiquei alguns compilados de imagens poéticas que muito admiro, como é possível visualizar aqui. Diversas dessas fotos lembram ilustrações variadas que tenho como favoritas. Uma das minhas últimas fotos postadas lá no Instagram, por exemplo, que é acompanhada da legenda "Ei, tem ouro na sua lágrima!", foi inspirada em um dos meus traçados favoritos


[ATUALIZAÇÃO 2] Inverta a utilidade de objetos: Ser poético é a forma mais maravilhosa de criar imagens criativas e que não sejam vazias, mas sim que passem mensagens profundas e reflexivas. Dar novas utilidades a objetos é uma das maneiras mais simples e ricas de fazer essas poesias.

Que tal, por exemplo, ao invés de sentar no sofá, ficar em pé nele? Que tal encostar os pés na parede ao invés do chão? Que tal usar uma mala como banco de espera? No fim, ao dar essas novas 'funções' aos utensílios, você pode perceber que fez uma metáfora acontecer e, assim, além de uma foto criativa, você ganha mais um acréscimo: uma entrelinha da vida para questionar sobre. Ei, já pensou em criar uma gaveta que guarde mãos (nem que seja só para o momento daquele clique)?

[ATUALIZAÇÃO 3] Segure algo: Uma flor, um lápis, uma fruta, um colar pendurado nas mãos... segurar alguma coisa, além de trazer um clique ainda mais significativo, abre alas para poses mais 'soltas' e inovadoras. Aquela coisa de "não sei onde colocar as mãos", desaparece e ganha uma segurança que pode ajudar você a ousar das formas mais positivas. Pense em fazer uma imagem poética segurando aquele objeto. Imagine, com um colar em mãos, por exemplo, a construção de uma pose em que você 'pendure' o colar na frente do seu rosto, fazendo-o escorregar pela sua face. Sua mão repousaria na sua cabeça de uma forma muito mais signficativa.

Com o mesmo colar nas mãos, você poderia 'abraçar a si', fazendo com que o objeto 'escorregasse' pelo seu ombro, fazendo uma pose mais 'de lado', por exemplo. A dica de ter um ou mais utensílios em mãos ajuda, principalmente, para selfies daquelas em que deixamos a câmera no contador de segundos logo antes do clique. É mais uma forma de ganhar segurança e criatividade.

Iluminação/sombras e ângulos:
As luzes realçam ou "apagam" o que desejamos destacar, seja em nós ou detalhes secundários da imagem. O ideal, obviamente, é que use essas dicas relacionadas à luz de forma que agregue ao que você deseja tornar mais chamativo. Teste todas as maneiras possíveis até encontrar uma que faça os contornos ideais no que deseja. Bom, uma ideia bacana é aproveitar a luz do sol e evitar o flash. Fotografar de frente para as janelas, usando os padrões de luzes e as próprias janelas como parte da foto pode dar um charme ainda mais profissional.

As sombras, inclusive, pode fazer com que um traço de luz ganhe muito mais poder. Imagine apagar as luzes e ter as grades da sua janela refletindo no seu rosto. Lembra da dica de fazer seu corpo como a tela para a obra de arte? É o que o jogo de sombra e luz pode também ajudar a fazer.

Caso utilize uma câmera profissional, aqui vão as duas dicas de base: Aumente o ISO! Se for fotografar no manual, principalmente pela noite, aconselho que aumente o ISO (mesmo se usar iluminação natural ao invés se usar iluminação artificial ou flash). Um pouco de ruído não vai atrapalhar a foto, se bem aplicado, pode dar até um charme. Aumente a abertura! Uma ótima solução para fotos indoor é o uso de grandes aberturas na câmera. Assim, além das fotos ficarem mais iluminadas, o fundo ficará desfocado e, dependendo da abertura, nem será possível reconhecer o local das fotos.

Não esqueça de experimentar vários ângulos até descobrir o que mais gosta. Porque é super chato quando postamos uma foto e descobrimos depois que tudo seria bem mais valorizado com uma inclinação diferente, não é?

Assim como esta dica, algumas outras aqui pontuadas foram inspiradas em um compilado que contém uma listagem de indicações: confira.

Extra – Luzes artificiais: Aproveite a luz do abajur, da luminária, do teto ou dos pisca-piscas também (principalmente se o seu quarto não tem uma boa iluminação ou se o seu canto favorito tem alguma dessas luzes). Alguns tipos de fotos com luzes natalinas ficaram bem famosas no Tumblr e, com certeza, fazem parte de um dos meus estilos favoritos. Caso resolva tirar fotos em casa à noite, considero a melhor saída (a de usar luzes diferentes, como essas de pisca-pisca)! Aproveite as guardadas na sua casa e crie imagens bem expressivas.

Ação: Fazer coisas legais para tirar as fotos pode, inclusive, acabar despertando um talento, causando uma reflexão que dê resposta para uma pergunta agonizando ou, no mínimo, rendendo um momento incrível! Afinal, curtir o processo é a parte principal! Tentar tocar aquele violão velho, criar algo novo na cozinha, testar penteados, maquiagens, roupas (como citei mais acima), entre outros, são ótimas ideias. Nada como usar a criatividade e descobrir mais de si enquanto imagina a arte de fotografar! Utilize objetos que já tem para montar um mini cenário. Você pode investir em frutas, balões, livros, um novo forro de cama… Dá para encontrar algumas dessas coisas bacanas por um preço legal em papelarias.

Plano de fundo: Os papéis de parede são uma alternativa bem legal para quem gosta de fazer autorretratos. Eles dão um pouco de cor para aquela foto mega simples, e ainda decoram a parede do quarto. Na internet existem várias lojas que vendem desenhos já prontos ou personalizados (a loja I-stick tem uns adesivos de parede lindos, e para saber algumas das lojas mais legais para adquirir quadros, outros papéis de parede e molduras, é só clicar aqui). Quadros costumam tornar a foto ainda mais estilosa! Molduras de parede também podem ficar incríveis como plano de fundo. Outra ideia que virou "peça coringa" é usar a parede lisa, como as inteiramente brancas, que podem dar uma ideia de estúdio e dúvida de onde realmente a foto foi tirada.

Fotos sozinho – o espelho pode ser bem-vindo, além das selfies básicas: Pensou que fotografar no espelho era brega? Depende, além do mais, tudo é questão de opinião. Com o espelho você pode conseguir fotografias incríveis! Basta saber usá-lo ao seu favor. O ideal, nesses casos, é que tenha algo a mais para mostrar, que "explique" o motivo daquela foto estar sendo tirada no espelho. Esses fatores podem ser algo como um look montado ou um objeto (algo que não daria para ser totalmente visível em uma selfie, por exemplo).

Convide os amigos:
Nada melhor do que viver momentos com quem é importante na nossa vida e ainda registrar esses segundos com gosto! Marque em um final de semana para que possam festejar. Combine para cada um levar uma coisa que possa ajudar na realização da imagem que imagina.

Partes do corpo junto com objetos: Em algumas circunstâncias não queremos mostrar o rosto na foto, não é? Mas uma super simples com uma parte do seu corpo e um objeto pode fazer toda a diferença! Tudo depende do significado das coisas e de como expressa tais instâncias. Por exemplo, se estiver vendo uma série no computador ou estudando e desejar fotografar o momento, organize seu caderno, notebook e demais objetos e junte com a sua mão, com a sua perna que está coberta pelo pijama ou algo relacionado, e dê o clique! Usar os móveis da casa também pode ser uma opção maravilhosa, inclusive para "esconder" algumas partes do corpo e deixar outras aparentes. Ah, e se a sua casa estiver em reforma, aproveite muito as partes sem pintura. Fica com uma cara de "casarão antigo", o que remete ainda mais a um ensaio fotográfico.

Use macro:
Macro é o melhor amigo de quem não tem uma câmera profissional e um cenário do jeito que gostaria. Com ele você consegue desfocar (e esconder) o fundo e realçar detalhes que valorizam a fotografia. Existe um tutorial super legal ensinando como fazer uma lente macro caseira para o seu celular, para ler basta clicar aqui.

Seu bichinho: Fofura, fofura, fofura! Os animais de estimação fazem toda a diferença em uma foto. Eles podem nos surpreender com a pose em que são captados e causar muitos risos e olhos brilhando. Aproveite para brincar com o seu e capturar o momento.

Edição: Use o photoshop! Não para modificar totalmente a foto, mas para dar mais contraste ou fazer pequenos ajustes, passando, assim, a mensagem que deseja de ainda melhor maneira (de uma forma mais poética, por exemplo). Algumas actions podem fazer um simples fundo sem graça virar um cenário digno de filme. Têm alguns maravilhosos, principalmente para amadores, que são gratuitos e você nem precisa baixar! Postei sobre eles aqui.

Imagens para inspirar:


E quais são as suas dicas para tirar fotos dentro de casa? Não esquece de contar aqui nos comentários!

LEIA TAMBÉM:

5 COMENTÁRIOS

  1. Iluminação e fundo são essenciais em qualquer fotografia, principalmente dentro de casa. É possível fazer fotos incríveis com esses dois itens. Ótimas dicas! Parabéns pelo blog! Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Adorei as dicas, ficaram lindas as fotos!

    ResponderExcluir
  3. Boa noite sou iniciante na fotografia vou fazer um ensaio de uma amiga dentro de casa que vcs indica devo usar flesh

    ResponderExcluir
  4. Boa noite sou iniciante na fotografia vou fazer um ensaio de uma amiga dentro de casa que vcs indica devo usar flesh

    ResponderExcluir

Obrigada por chegar até aqui para deixar a sua opinião. É fundamental para mim. O que dá sentido com ratificação para cada reflexão entre análises, dicas, informações e sentimentos aqui escritos são essas nossas trocas evolutivas de sensações e pitacos.

Não esqueça de clicar em "notifique-me" abaixo do seu comentário para receber por e-mail a resposta dada.

Posts Recentes Mais Posts

SIGA BRUNT NAS REDES

Direitos Autorais

Todos os escritos aqui postados são de autoria da escritora, poetisa, jornalista e blogueira Vanessa Brunt. As crônicas, frases, poesias, análises e os demais diversos escritos, totais ou em fragmentos, podem ser compartilhados em quaisquer locais e sites (quando não para fins lucrativos: criação de produtos para vendas, entre outros), contanto que haja o devido direcionamento dos direitos autorais. Ademais, as imagens utilizadas no blog para as postagens não são, em sua maioria, feitas pela autora. Portanto, para qualquer problema envolvendo os créditos das fotos, basta entrar em contato e o caso será resolvido prontamente.